Geral

Elefanta “Bambi” chega ao santuário em Mato Grosso após viagem de 1,2 mil quilômetros

A elefanta indiana “Bambi”, que tem 58 anos de idade, chegou, ontem à tarde, no santuário de Chapada dos Guimarães (68 quilômetro de Cuiabá). Por nota, o A assessoria do Santuário de Elefantes Brasil informou que ela passou sua “primeira noite em seu novo lar. Hoje o dia promete muitas novidades e emoções para Bambi”.

A viagem de 1.270 quilômetros até o santuário de Chapada dos Guimarães começou na última  quinta-feira.  A Polícia Rodoviária Federal (PRF) ajudou na escolta. A elefanta estava no zoológico de Ribeirão Preto (SP).  A transferência dela foi autorizada pelo Tribunal de Justiça de São Paulo e os custos de R$ 50 mil foram pagos por meio de uma “vaquinha virtual”.

Segundo a administração do santuário, Bambi ficou por quatro décadas sendo explorada em um dos circos mais tradicionais do Brasil. Em 2009, ela foi encontrada em Limeira (SP), com uma pata acorrentada. Meses depois, foi transferida para o zoológico de Leme, também em São Paulo.

Em 2014, o Instituto Brasileiro de Meio Ambiente (Ibama) determinou a transferência para o zoológico de Ribeirão Preto, onde a elefanta ocupava um espaço de 750 metro quadrados, considerado pequeno para o tamanho do animal. Em agosto deste ano, com a autorização dada pela Justiça, o santuário iniciou a campanha para levar a elefanta para Chapada dos Guimarães.

No santuário, Bambi vai conviver com as elefantas, também resgatadas, Maia, Mara, Lady e Rana. O local tem mais de 1 mil hectares.

Redação Só Notícias (foto: reprodução)