Geral

Detran fará no próximo mês leilão de 1.217 veículos apreendidos em Guarantã, Colíder, Peixoto e mais 15 municípios

O Departamento Estadual de Trânsito (Detran) lançou o último e maior leilão deste ano com 1.217 veículos, dentre motocicletas, automóveis, caminhonetes e ciclomotores apreendidos nos pátios dos municípios Guarantã do Norte, Colíder, Peixoto de Azevedo, Alta Floresta, Juara, Terra Nova do Norte, Jaciara, Dom Aquino, Pedra Preta, Guiratinga, Paranatinga, Alto Garças, Chapada dos Guimarães, Campo Verde, Primavera do Leste, Poconé, Juína,  Colniza e Porto dos Gaúchos.

Os lances, totalmente eletrônicos, devem ser realizados pelo site da empresa leiloeira  até o dia 12 de novembro, à às 09h. Os interessados devem se cadastrar no site da leiloeira e, em seguida, encaminhar cópias digitalizadas dos documentos em  até 48 horas antes do encerramento do leilão.

Os documentos necessários para pessoa física são: RG, CPF e comprovante de residência (com data máxima de 30 dias anteriores ao leilão). As pessoas jurídicas devem encaminhar copias digitalizadas do contrato social devidamente registrado, cartão de CNPJ e documento de identidade RG e CPF do sócio dirigente, proprietário ou representante legal.

Segundo o diretor de Veículos do Detran, Augusto Cordeiro, é importante que o interessado visite os lotes. “Os pátios estarão disponíveis das 8h às 12h nos dias 07 e 08 de novembro para que os interessados possam conferir a situação dos veículos. As fotos no site da leiloeira são meramente ilustrativas por isso é importante que o interessado em determinado lote confira o seu estado antes do lance”, afirmou o diretor.

Para arrematar o veículo o interessado deverá pagar a comissão de 5% do valor do bem arrematado para a leiloeira e, em até quatro dias úteis, pagar o valor total do veículo arrematado por Documento de Arrecadação (DAR) mais o valor do ICMS para a Secretaria de Fazenda.

Os lances serão pagos à vista, bem como os 5% do valor do bem que são destinados ao leiloeiro e o arrematante será responsável pelo valor referente à transferência do veículo. De acordo com o edital, uma vez aceito o lance, não se admitirá a desistência, sob pena de responsabilização penal e de perder qualquer valor já pago em relação ao lote.

O leilão é a regra para a venda de automóveis com direito a documentação, referentes aos veículos retidos e abandonados pelos proprietários nos pátios da autarquia por todo o Estado, por mais de 60 dias.

O Presidente do Detran, Gustavo Vasconcelos, reforça que o leilão acontece somente via internet e que os lances só podem ser feitos por meio de site de leiloeiro cadastrado junto ao órgão. “O Detran não envia fotos, links ou qualquer outro documento via aplicativo de celular. O leilão é totalmente online e o cidadão deve aproveitar para conferir o veículo de seu interesse nas datas estipuladas para a visitação”, afirma.

Com o sexto e último certame do ano, o Detran alcançará a meta de leiloar mais de 4 mil veículos, com arrecadação líquida aproximada de R$ 8,6 milhões. “A atual gestão cumpre dessa forma o compromisso de realização de um leilão a cada dois meses, superando o ano de 2018, quando foram leiloados 283 veículos”, concluiu Vasconcelos.

Redação Só Notícias