Geral

Descoberta nova sabotagem para derrubar 3 torres do linhão em Sorriso

A Eletronorte descobriu hoje de manhã nova sabotagem das torres do linhão de enegergia que abastece o Nortão. Desta vez, a sabotagem ocorreu em uma fazenda que fica no município de Sorriso e está localizada a 16 km de Lucas do Rio Verde, onde mês passado houve sabotagem semelhante e três torres caíram, interrompendo o fornecimento de energia por aproximadamente 48 horas.
A descoberta foi feita hoje de manhã. Foram retiradas porcas dos parafusos que mantém três torres do linhão de energia presas às suas respectivas bases.

O gerente regional da Eletronorte, Paulo Kojima, explicou que a equipe de manutenção, com apoio da Prefeitura de Lucas do Rio Verde e Cemat, solucionaram o problema sem interromper o fornecimento de energia elétrica à região Norte do Estado.
“Estamos fazendo inspeções peródicas percorrendo torre por torre de Nova Mutum a Sinop. Recebemos informações do dono da fazenda, que nos comunicou hoje de manhã. Rapidamente deslocamentos técnicos para o local. Foram colocadas novas porcas nos parafusos mantendo as torres fixas em suas bases”, explicou Kojima, em entrevista ao Só Notícias.
As torres ficam em uma fazenda em direção ao Sorriso. “Se não tivesse sido descoberta, um vento forte estaria novamente derrubando as torres causando um novo bleucate”, acrescentou o gerente da Eletronorte. “Queremos contar com apoio de toda a população para nos ajudar a indentificar estes vândalos que querem prejudicar a população. Não dá nem para mensurar o tamanho do prejuízos que todos terão. Já tivemos duas quedas de torres nesta região com prejuízos incalculáveis para a sociedade. Quem faz isso sabe muito bem as consequências que a interrupção de energia trará”, acrescentou Kojima.

Se a sabotagem não fosse descoberta hoje, o Nortão poderia ter um novo blecaute como ocorreu no último dia 2 de setembro, quando três torres do linhão, que estavam em uma fazenda em Lucas do Rio Verde caíram deixando mais de 300 mil pessoas em aproximadamente 25 cidades do Nortão sem energia elétrica por aproximadamente 48 horas. Foi constatado que vândalos retiraram as porcas dos parafusos e o vento acabou derrubando as torres.