Geral

Depois de protesto no Ibama, trabalhadores estão fazendo passeata em Sinop

Os mais de dois mil trabalhadores que estavam concentrados em frente ao escritório regional do Ibama em Sinop estão iniciando, neste momento, uma passeata no centro da cidade, continuando as manifestações de apoio ao setor madeireiro. Antes, colocaram uma corrente na porta do Ibama fechando o órgão. Alguns chegaram a invadir o escritório para cobrar dos servidores que liberem logo os planos de manejo para madeireiras poderem extrair toras para retomarem a produção normal. O setor vive uma estagnação nos últimos 60 dias que resultou em aproximadamente 2 mil demissões. O Ibama alega falta de servidores, principalmente procuradores.

Clique aqui e veja as fotos da manifestação

Depois de cobrarem do governo rapidez na liberação de planos de manejo para as madeireiras voltarem a trabalhar normalmente e não demitirem mais trabalhadores, eles iniciaram a passeata passando pela avenida das Itaúbas e chegando até a praça Plinio Callegaro. Devem prosseguir pela avenida Julio Campos ( a principal da cidade) até a praça das Bandeiras.