Geral

Decisões judiciais em Mato Grosso aumentaram 9,3% durante pandemia

O poder judiciário estadual produziu um número maior de sentenças durante o período de teletrabalho, iniciado em 23 de março, por conta da pandemia. A média semanal de sentenças produzidas pelos magistrados mato-grossenses era de 6.019 e aumentou, nos meses de abril, maio e junho, para 6.579 sentenças por semana, crescimento de 9,31%.

O levantamento semanal do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) sobre a produtividade do Judiciário durante a pandemia, com dados atualizados até o último dia 5, mostra que os magistrados do Tribunal de Justiça de Mato Grosso proferiram 138.020 sentenças e acórdãos desde o início do regime de teletrabalho, sendo o 11º entre os tribunais estaduais do país, incluindo os de grande porte.

Quanto aos movimentos realizados, a Justiça Estadual alcançou o nono lugar no ranking nacional porque os magistrados e servidores realizaram quase seis milhões de atos que movimentaram os processos judiciais em trâmite na Justiça Estadual.

O Poder Judiciário de Mato Grosso também destinou, de março a julho, R$ 2,2 milhões para combater a pandemia de Coronavírus, liberados são decorrentes de penas ou medidas alternativas de prestação pecuniária e podem ser usados para compra de leitos, medicamentos e itens em apoio aos profissionais da saúde, como respiradores, máscaras, aventais, luvas, óculos de segurança e outras. A informação é da assessoria.

Só Notícias