terça-feira, 28/maio/2024
PUBLICIDADE

Cuiabá: greve dos motoristas de ônibus será discutida em audiência

PUBLICIDADE

O Sindicato das Empresas de Transporte Coletivo Urbano do Estado e o Sindicato dos Motoristas e Trabalhadores do Transporte Coletivo realizam audiência, esta tarde, no Tribunal Regional do Trabalho de Mato Grosso (TRT-MT), em Cuiabá. Essa é a primeira da ação de dissídio coletivo de greve, que tramita na Justiça do Trabalho desde a última sexta (24). Os motoristas de Cuiabá e Várzea Grande entraram em greve na segunda-feira. Apenas 50% dos ônibus estão circulando e causando prejuízo e transtornos para a população.

As duas categorias vêm mantendo negociações para construção da nova Convenção Coletiva de Trabalho (a anterior expirou em 14 de maio) desde fevereiro deste ano.

Em linhas gerais, os trabalhadores pedem aumento salarial para motoristas de 33% (o salário passaria de R$ 1.507,00 para R$ 2 mil) e aumento linear de 20% para as demais categorias. Pela proposta de reajuste apresentada ao TRT pelo sindicato das empresas na Ação de Dissídio Coletivo, o salário passaria, a partir de 15 de maio, para R$ 1,614,95 para motoristas, R$ 960,39 para cobradores e R$ 933,54 para fiscais (algo próximo a 7% de reajuste). No entanto, o sindicato das empresas já expressou publicamente a possibilidade do aumento chegar a 10% para todos os empregados.

COMPARTILHE:

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Mais notícias
Relacionadas

PUBLICIDADE