domingo, 26/maio/2024
PUBLICIDADE

Criança tem alta da UTI após receber coração doado por menina que faleceu em MT

PUBLICIDADE
Redação Só Notícias (foto: assessoria)

O Hospital da Criança de Ribeirão Preto (SP) confirmou a alta da Unidade de Terapia Intensiva (UTI) de uma criança de três anos que recebeu o coração doado por uma menina da mesma idade, que faleceu no hospital municipal de Cuiabá. A paciente estava na UTI há 40 dias, após passar pelo transplante. 

Na saída da UTI, Ana mandou beijo e acenou para quem encontrou pelo caminho, enquanto sua mãe estava emocionada. Na recepção, os acompanhantes das outras crianças internadas na unidade comemoraram a vitória da garotinha, que ainda ficará internada na enfermaria por alguns dias.

O hospital divulgou que a menina tinha miocardiopatia dilatada e precisava de um transplante cardíaco. No dia 8 de março de 2024, às 8h30, ela foi incluída na lista nacional de receptores de órgão e, 5 horas depois, às 13h30, houve a oferta de um órgão em Cuiabá.

A Central Estadual de Transplantes da secretaria estadual de Saúde detalhou, na época, que efetivou o processo de captação e doação, após a constatação de morte encefálica da paciente, de três anos, internada no Hospital Municipal de Cuiabá. A ação, realizada pela equipe médica do Hospital e com autorização da família da criança, resultou na oferta dos órgãos para a Central Nacional de Transplante (CNT), que após a disponibilização recebeu o aceite da equipe de São Paulo para o coração.

A equipe realizou a retirada e o órgão foi levado para o estado de São Paulo onde foi realizado o transplante cardíaco com êxito. O secretário de Estado de Saúde, Gilberto Figueiredo, destacou, na ocasião, a importância da ação e ressaltou o compromisso em investir na reestruturação da Central Estadual de Transplantes. Para ele, essas ações vão resultar na ampliação do número de captações de órgãos e tecidos no estado. “O Governo do Estado tem priorizado a saúde em Mato Grosso e, por meio da SES, tem investido em ações que efetivam esses procedimentos através de profissionais capacitados e equipamentos de qualidade, resultando em um gesto nobre, que salva a vida de outras pessoas”, declarou.

Entre janeiro e novembro de 2023, a Central Estadual de Transplantes de Mato Grosso realizou sete captações de órgãos no estado, que beneficiaram 17 pacientes de Mato Grosso, São Paulo, Pernambuco, do Acre, Paraná e Distrito Federal.

Receba em seu WhatsApp informações publicadas em Só Notícias. Clique aqui. 

COMPARTILHE:

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Mais notícias
Relacionadas

PUBLICIDADE