Geral

Começa em Sinop projeto “Corregedoria em Ação” para buscar melhorias nos serviços e atendimentos no Judiciário

O corregedor-geral e desembargador de justiça,  José Zuquim Nogueira acompanhado do juiz diretor do foro de Sinop, Cléber Luís Zeferino de Paula, além dos juízes auxiliares da Corregedoria-Geral da Justiça (CGJ), Eduardo Calmon de Almeida Cesar e Emerson Luis Pereira Cajango lançou, há pouco, a primeira edição da “Corregedoria em Ação” com objetivo de coletar informações, reclamações e demandas da sociedade, juízes, advogados, defensores e promotores para tornar o Judiciário mais célere, em Mato Grosso. O evento segue até sábado.

“Nós viemos abrir as portas para sociedade sinopense e operadores do direito. Ouviremos todas as demandas para buscar melhora não só a comarca de Sinop, mas as demais do polo. No sábado teremos uma reunião com todos os magistrados. Sinop é menina dos meus olhos. Trabalhei aqui há mais de 30 anos. Retorno aqui maravilhado com desenvolvimento dessa região. Essa foi uma das razões de começar por aqui e abrir as portas corregedorias”, disse Nogueira.

O diretor do foro de Sinop, a justiça sempre precisa estar se aprimorando para buscar atender as demandas da sociedade com exatidão. “Em tudo da vida é preciso aprimorar, melhorar e fazermos melhor. Ficamos felizes pela comarca ser escolhida em todo o Estado para ser a primeira. Isso significa que seremos os primeiros a implantarmos novas melhorias”.

As próximas edições da “Corregedoria em Ação” estão previstas para ocorrerem em Cáceres entre 4 e 6 de novembro, Tangará da Serra entre 18 e 20 do mesmo mês e Rondonópolis entre 9 e 11 de dezembro. A estrutura será a mesma apresentada em Sinop e consiste em uma oportunidade da sociedade ser ouvida diretamente pela Corregedoria.

Redação Só Notícias (fotos: Só Notícias)