Geral

Cinco acidentes ontem nas rodovias de Mato Grosso

Ontem, terça-feira, a Polícia Rodoviária Federal registrou cinco acidentes nas BRs de Mato Grosso. Oito veículos e doze pessoas se envolveram nesses acidentes. Quatro pessoas ficaram feridas.

Quarenta e seis Policiais Rodoviários Federais trabalharam no plantão de ontem nos dezessete postos de fiscalização que a PRF tem em Mato Grosso. Foram fiscalizados 1080 veículos, 14 veículos foram retidos por irregularidade, 02 carteiras de motorista foram apreendidas, 01 pessoa foi detida, 02 usuários das rodovias receberam auxílio das viaturas em ronda e 145 multas foram aplicadas.

Próximo a Jaciara a equipe de Cuiabá atendeu um acidente envolvendo uma carreta.Antônio Nogueira Melo, de 42 anos, condutor da carreta Mercedes Benz L 1938, placas KEI 0981 Rondonópolis – MT, seguia de Sorriso para Maringá/PR transportando soja. No km 279,7 da BR 364 ele perdeu o controle da direção do veículo e capotou sobre a pista. Antonio e Adalto Nogueira de Melo, de 29 anos, que viajava com ele foram encaminhados para o Pronto Socorro Municipal de Jaciara com ferimentos leves.

Próximo a Cuiabá foi registrado um acidente envolvendo duas carretas. Diego Seramim, de 23 anos, condutor da carreta Scânia R 124, placas MCQ 7498 Águas Frias – SC, seguia de Uberaba/MG para Campos de Julio/MT transportando gesso. No km 382 da BR 364, abalroou lateralmente com a carreta Volvo SH 12, placas AMC 5513 Mandaguaçu – PR, que estava sendo conduzida por José Mauro Lazare, de 39 anos e que seguia de Novo Diamantino/MT para Mandaguaçu/PR transportando soja. José Mauro nada sofreu. Diego Seramim, o motorista da primeira carreta sofreu pequenos ferimentos. O acidente aconteceu por falta de atenção dos dois condutores.

Em Pontes e Lacerda no km 226 da BR 174, foi detido Antônio Luiz Lima, de 27 anos, condutor do veículo Mercedes Benz 710 placas JJB 5704 Brasilia – DF. Ao ser fiscalizado ele apresentou uma carteira de motorista falsificada. Antonio Luiz foi detido e conduzido para a Delegacia de Polícia Civil de Pontes e Lacerda/MT.

Em Cáceres no km 230 da BR 070, manifestantes ligados ao Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra bloquearam a ponte Marechal Rondon, sobre o Rio Paraguai, reivindicando entre outras coisas, o assentamento imediato das famílias que foram retirados da Fazenda Nova Mutum. O bloqueio, que começou na madrugada de ontem, foi suspenso ao meio dia. Um representante da ouvidoria agrária do Incra oriundo de Brasília chegou ao aeroporto Marechal Rondon ainda na noite de ontem e seguiu direto para Cáceres.

Hoje pela manhã, junto com representantes dos sem terras, do Incra de Mato Grosso e da PRF eles farão uma reunião para discutir a situação dos trabalhadores, que ameaçam voltar a fechar a rodovia a qualquer momento caso suas reivindicações não sejam atendidas.