Geral

Cachorro que levou facada não corre mais risco de morte e continua na APAMS Sinop

O auxiliar administrativo da Associação Protetora dos Animais do Município de Sinop, João Silvestri, informou, há pouco, ao Só Notícias, que o vira-lata Balu, que levou uma facada no final de setembro, no bairro Violetas está respondendo bem ao procedimento cirúrgico que passou e já não corre mais risco de morte.

“Ele saiu do isolamento e está na baia e comendo normalmente. Já foi castrado e seu quadro agora é estável. Estamos esperando ficar 100% recuperado para saber o destino que vamos dar a ele. O dono só veio uma vez saber como ele estava”, expôs Silvestri.

Conforme Só Notícias já informou, o homem que feriu o cachorro procurou a delegacia e contou que uma pessoa chegou em seu trabalho e o vira-lata estava sem coleira. Ele teria atacado um cachorro de menor porte que estava no local.

Com isso, seus filhos de 6 e 13 anos, tentaram ajudar o cachorro, mas o vira-lata avançou nas crianças. Para protegê-la, acabou ferindo o animal.

Houve mudança na lei dos maus-tratos e a prática de abuso, ferimento ou mutilação a cães e gatos será punida com pena de reclusão, de dois a cinco anos (hoje é de três meses a um ano), além de multa.

Só Notícias/David Murba (foto: assessoria)