Geral

Atendimentos de emergência da PRF é integrado ao da secretaria de Segurança Pública em Mato Grosso

O Centro de Comando e Controle Regional da Polícia Rodoviária Federal (PRF) em Mato Grosso passou a operar no Centro Integrado de Operações de Segurança Pública (Ciosp) da secretaria de Estado de Segurança Pública (SESP) A mudança do atendimento de emergências da PRF, via telefone 191, ocorreu hoje, com a assinatura do acordo de cooperação técnica entre a União e o Estado. Com isso, a estrutura do C3R, que antes ficava superintendência da PRF MT, foi transferida para o prédio da SESP.

O telefone de emergências da PRF continua o mesmo, ,mas o C3R passa a contar com a ajuda dos atendentes do Ciosp, que filtram as chamadas e demandam para os policiais da força de segurança competente. A integração do atendimento às demais forças visa a melhoria na segurança pública, conforme explica a superintendente substituta da PRF em Mato Grosso, Iara Alves dos Santos.

“Haverá mais agilidade no atendimento e nas ações policiais, pois muitas vezes o usuário ligava 191 pedindo ajuda e se encontrava numa área que não é de competência da PRF, então tinha que ser orientado a ligar para outros números, ou os nossos operadores precisavam acionar outras forças de segurança. O contrário também acontecia. Agora o atendimento poderá ser direcionado e efetuado com mais rapidez. Quando houver necessidade de integração entre forças numa atuação, também ocorrerá com mais agilidade”.

O secretário adjunto de Integração Operacional, coronel Vitor Portes, destacou a importância da união com a PRF. “Isso materializa uma integração que já existia. Vai facilitar muito o atendimento das demandas, a comunicação e integração entre as forças e dará dinamismo às ações e operações na segurança pública”.

O Ciosp concentra as chamadas feitas ao 190 da Polícia Militar, 193  do Bombeiros, 197 da Polícia Civil, 181(Disque Denúncia, 199  da Defesa Civil e, agora , o 191 da PRF. Segundo a SESP, a média é de 2,5 mil ligações diárias e a previsão é que aumente para 2,9 mil com a entrada da PRF.

O centro também concentra o monitoramento de 106 câmeras instaladas nos trechos urbanos de Cuiabá e Região Metropolitana e agora agrupa as câmeras de monitoramento das rodovias federais do Estado.

As informações são da assessoria.

Redação Só Notícias (foto: assessoria)