Geral

Associação faz carreata em Sinop cobrando do Detran retomada das provas teóricas e práticas

Os representantes das autoescolas de Colíder, Guarantã do Norte, Sorriso, Lucas do Rio Verde, Tapurah, Juara, Juína, Alta Floresta, Cláudia, Terra Nova, Peixoto de Azevedo, Matupá, Novo Mundo, Feliz Natal, Nova Mutum entre outras que fazem parte da Associação dos Centros de Formação de Condutores do Norte de Mato Grosso fizeram, esta tarde, em Sinop uma carreata cobrando a reabertura das  Circunscrições Regionais de Trânsito (Ciretrans), além da volta da aplicação de provas práticas e teóricas. Estima-se que o prejuízo para as empresas é de mais R$ 10 milhões devido à paralisação dos serviços em Mato Grosso, em decorrência da Covid-19.

Gabriel Júnior Finco, que é um dos representantes da Associação informou, ao Só Notícias, que em outros setores “houve um auxílio mínimo para que, dentro do possível, pudessem dar continuidade aos trabalhos, então sugerimos que seja traçado um plano de atendimento mínimo em regime especial e que se faça o uso de recursos tecnológicos como filmagens durante aulas”.

Ele disse ainda que o setor teve queda devido à pandemia. “Os consumidores sabem que o Detran não está trabalhando. Em algumas cidades desde novembro do ano passado, não há provas, então ninguém se arrisca a abrir um processo de habilitação com todas essas incertezas”.

Finco afirmou ainda que “automaticamente as autoescolas estão entrando em estado de falência, principalmente no caso de agências de pequeno porte como as do interior, onde os proprietários se vem na necessidade de entrar em outras atividades”.

O Detran suspendeu atendimento presencial em diversos municípios devido à situação epidemiológica da Covid-19 em Mato Grosso. A Autarquia está seguindo as recomendações de medidas sanitárias em conformidade com a classificação de risco definida pela secretaria de Estado de Saúde. Alguns serviços podem ser feitos podem ser feitos on-line.

Redação Só Notícias (foto: Vanessa Kienen/Meridional FM)