Geral

Associação busca saída para invasões em campo experimental em Nova Mutum

Os vereadores mutuenses reuniram-se hoje com representantes da Apramo (Associação dos Pequenos Produtores do Assentamento Maria Oliveira), Conselho Municipal de Desenvolvimento Rural e Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Nova Mutum. O objetivo foi tentar resolver um impasse que há tempos aflige os parceleiros daquele assentamento: um acampamento no campo experimental.

De acordo com o presidente da Apramo, Zulmiro Bonafé, somente com a ajuda das entidades organizadas é que se poderá conseguir uma solução efetiva. “Nossa comunidade foi legalizada há mais de três anos e agora há essa invasão por pessoas vindas de Lucas do Rio Verde, através do sindicato daquela cidade, sendo que está fora do seu comando territorial”, afirmou.

Bonafé não sabe qual a finalidade em acampar essas pessoas, mas ressalta que a comunidade, através da associação, não autorizou o acampamento. “Nossa comunidade não autorizou esse acampamento, não sabemos se tem outras áreas para criar novos assentamentos, somente sabemos que recentemente foi criado o (assentamento) Dieter Metzner que acolhe 27 novas famílias, todas de Lucas”, informou. Para a Apramo os assentamentos que estão sendo organizados no município devem ter, se não a totalidade de assentados mutuenses, pelo menos uma boa parte.

A câmara marcou reunião com o Incra para tratar do assunto.