Geral

Associação adia recuperação de reserva em Sinop e alega falta de repasse pela prefeitura

A recuperação da reserva municipal R-3, localizada entre os bairros Jacarandás, Botânico e Celeste, viabilizada por meio projeto Beija Flor, foi adiada por tempo indeterminado. O motivo, segundo a Associação de Ecologia e Desenvolvimento Sustentável da Amazônia Mato-grossense (Ecodam), é a falta da assinatura do convênio com a prefeitura.
Em nota, a associação alega que a previsão era que os trabalhos iniciassem em setembro. O município seria o responsável pelo repasse de R$ 60 mil, em três parcelas, o que ainda não teria sido cumprido. Outros R$ 300 mil foram assegurados junto ao Ministério da Justiça, que já liberou a primeira parcela, de R$ 100 mil.

“Frente ao exposto e diante da importância e relevância do projeto para Sinop, esperamos que a prefeitura, que tem demonstrado preocupação com a recuperação ambiental, agilize urgentemente a assinatura do convênio e efetue o repasse da contrapartida assegura, evitando que Sinop sejae prejudicado coma perda desse importante aporte financeiro”, cita trecho da nota.

O projeto visa o plantio de árvores nativas e frutíferas, a construção de cerca, guarita, revitalização da nascente do Córrego Nilza e levantamento da fauna e flora da reserva, seminário sobre recuperação de área degradada, cursos de formação de uma brigada de combate à incêndio florestais e uma equipe de fiscais voluntários, oficinas ecológicas e uma ampla campanha de educação ambiental através da mídia e com materiais impressos em escolas e bairros da cidade.

Ainda prevê outras etapas, sendo a última prevista para ser executada até 2012.

Outro lado
A assessoria da prefeitura informou que estão sendo tomados todos os procedimentos para assinatura do convênio nos próximos dias e, enquanto isso, uma equipe da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano e Meio Ambiente está fazendo um levantamento do trabalho que será necessário para a recuperação da nascente e também, em breve, iniciará o plantio de árvores.