Geral

Assassinos são condenados a 24 anos de reclusão em Sorriso

A pena que Aurênio Ricardo de Oliveira e Aleandro Carvalho terão que cumprir é de 24 anos de reclusão. Eles foram julgados ontem, pelo Tribunal de Júri da Comarca de Sorriso, e considerados cuplados por duplo homicídio. Eles mataram, à facadas, Sidnei Souza Silva e, ainda, um outro rapaz, identificado apenas como Ademir. O crime aconteceu no dia 15 de dezembro de 2003, no início da noite, em um local conhecido como ‘Morro Cascalheira’, situado nas proximidades do campo de aviação do Bairro União, em Sorriso.

Este foi o quarto julgamento da Comarca de Sorriso. O próximo será no dia 08 deste mês. Marcio André Novaatki é acusado de matar, à facadas, Domingos Vicente da Silva, no dia 14 de março de 2004, em um Clube de Sorriso.