Geral

Acusado de matar colega com pé-de-cabra deverá ir a júri hoje em Sinop

Está marcado para hoje, às 08:30h, o julgamento do réu Manoel Messias dos Santos, acusado de assassinar Reginaldo Ribeiro. O crime ocorreu em uma madeireira onde eles trabalhavam no bairro São Cristóvão, em 2002. Manoel é acusado de ter matado Reginaldo utilizando um pé-de-cabra, quando este se abaixou para pegar um litro de cachaça que estava no chão.

O réu está solto e até terça-feira o juiz João Manoel Guerra estava solicitando, através dos meios de comunicação, seu comparecimento no fórum para notificação do julgamento. Caso ele não compareça hoje, o julgamento deverá ser adiado.

Dos três julgamentos marcados para esse mês, dois já foram adiados. O próximo está marcado para o dia 15 de março. Será julgado o réu Sebastião de Souza Canavarros, acusado de matar com dois tiros Nélio José da Silva. O crime foi em 1992 na fazenda Três Leões.