Geral

Acordo garante continuidade de obras do Hospital Municipal de Sinop

Os funcionários que trabalham na construção civil do Hospital Municipal de Sinop retomaram os trabalhos hoje. As obras, como Só Notícias já informou, foram paralisadas ontem, pelos 23 trabalhadores que decidiram cruzar os braços devido aos atrasos de salário por parte da empreiteira que os contratou.

O presidente do Siticon (Sindicato das Indústrias da Construção Civil e do Mobiliário) Vilmar Galvão, disse que os trabalhadores chegaram a um acordo com a empreiteira e receberam os salários em atraso depois de ficarem apenas um dia em greve. “Acreditamos que foi melhor assim. Nosso objetivo era que eles recebessem e tivessem seus direitos respeitados”, afirmou ao Só Notícias.

As obras do hospital foram lançadas em 2002 com investimento de R$ 6,18 milhões. A obra é financiada pelo Ministério da Saúde e pelo Governo do Estado. Cerca de 60% dos 5m² mil a serem construídos estão concluídos, sendo que a área total do Hospital é de 14m² mil.

Ele será composto por 3 blocos, 3 centros cirúrgicos, 12 salas para médicos e corpo administrativo, 73 leitos, desses 15 serão UTI (Unidade de Tratamento Intensivo).
A unidade prestará atendimento em diversas especialidades como cardiologia, ortopedia, obstetrícia e pediatria, entre outros.