Esportes

Vasco bate o Madureira e se garante na final da Taça Rio

O Vasco conquistou a classificação para a final da Taça Rio neste sábado. Os cruzmaltinos venceram por 2 a 1 o Madureira, em São Januário, e avançaram no torneio.

Os cruzmaltinos abriram o placar no primeiro tempo, com Marquinhos Gabriel. Só que o Madureira empatou antes do intervalo, com Humberto. Na etapa final, os donos da casa marcaram o segundo, com Germán Cano, para dar a classificação ao time de São Januário.

O jogo – O Vasco começou a partida pressionando o Madureira. Os cruzmaltinos chegavam com boas trocas de passes próximo da área, mas pecavam nas finalizações. Os donos da casa tinham total controle da posse de bola e continuaram em busca do gol. De tanto insistir, o Vasco abriu o placar aos 29 minutos. Zeca fez boa jogada e cruzou para Léo Matos. O lateral cabeceou e Marquinhos Gabriel apareceu para mandar para a rede.

O revés obrigou o Madureira a buscar o ataque. Os visitantes passaram a avançar com mais intensidade e conseguiram o empate aos 41 minutos. Juninho cruzou na medida para Humberto cabecear sem chance para Vanderlei. Assim, o duelo terminou empatado na etapa inicial em São Januário.

Assim como no primeiro tempo, o Vasco voltou do intervalo pressionando em busca do gol. Só que desta vez, os cruzmaltinos criaram duas boas chances de marcar. Primeiro, Cano foi lançado na área e cabeceou para boa defesa de Felipe Lacerda. Depois, Morato tabelou com Cano, mas chutou pela linha de fundo.

Os donos da casa chegaram a colocar a bola na rede, com Cano. No entanto, o atacante estava em posição de impedimento. Em seguida, Gabriel Pec finalizou para boa defesa de Felipe Lacerda.

O Vasco quase marcou o segundo aos 17 minutos. Marquinhos Gabriel recebeu na marca do pênalti e chutou para o gol. Só que Victor Feitosa salvou o Madureira em cima da linha, de cabeça.

Os cruzmaltinos criaram uma sucessão de chances. Aos 25 minutos, após boa troca de passes, Marquinhos Gabriel acertou o travessão. Só que aos 32 minutos, o Vasco conseguiu o gol em São Januário. Léo Matos cruzou, o goleiro Felipe Lacerda cortou mal, no pé de Germán Cano, que mandou para a rede.

Na parte final, o Madureira foi para cima tentando o gol da classificação. Desta vez, o Vasco manteve a atenção na parte defensiva e não sofreu com a pressão adversária. Assim, os donos da casa seguraram o resultado para avançar à final da Taça Rio.

Gazeta Esportiva (foto: Rafael Ribeiro/assessoria)