Esportes

Técnico do Sinop diz que tempo influenciou na derrota para o Araguaia e avalia mudanças

O técnico do Sinop Futebol Clube, William Araújo, avaliou que apenas dois dias de treinos, após sua efetivação como novo comandante do Galo do Norte (antes era auxiliar), foi muito pouco tempo para ajustar o time na segunda rodada da Copa Mato Grosso. O Galo perdeu, sábado, por 2 a 0, para o Araguaia, e, somou quatro partidas consecutivas sem vitórias – duas pela Copa Verde, competição que foi eliminado e outras duas pela Copa Mato Grosso. “Dois dias a gente tem muito pouco tempo. Tem que mudar um pouco a cultura da cabeça dos caras, então é pouco tempo, mas o pouco que trabalhamos já mostrou evolução. Então, agora que temos uma semana para trabalhar novamente a tendência é que a evolução seja ainda maior para o próximo jogo”, disse, ao Só Notícias, esta manhã.

No confronto em Barra do Garças, ele apontou que houve “boa consistência defensiva que a gente priorizou nos dois dias que trabalhamos. Até para que a gente não sofresse tanto lá. Isso deu certo, conseguimos controlar o jogo, no primeiro tempo, na metade do segundo tempo e aí tivemos algumas dificuldades. Mas os dois gols que sofremos foram de bola parada. Então, já é uma coisa que estamos sofrendo há alguns jogos, mesmo antes de eu assumir. A gente trabalhou isso na sexta-feira, mesmo assim sofremos”.

Para a terceira rodada, contra o Operário FC, na segunda-feira (26), às 19h, na Arena Pantanal, William avalia fazer pelo menos duas mudanças, no meio-campo e ataque. “Provavelmente, uma ou duas mudanças (para o próximo jogo), não vai fugir muito da estrutura que estamos utilizando não. No meio-campo, mas nada ainda definido, ajustes de posicionamento, meio e ataque estamos sempre analisando”. “Agora é trabalhar a parte ofensiva. Automatizar algumas coisas para ficar mais fácil de efetuar as jogadas de finalização. Precisamos de uma chance de gol para converter”, concluiu.

Só Notícias/David Murba (foto: Julio Tabile/arquivo)