Esportes

Sinop marca nos acréscimos e vence o Poconé pelo Estadual

Em um jogo marcado por confusão, passes errados e um gol heroico, o Sinop venceu, há pouco, por 1 a 0, o Poconé pela terceira rodada do Campeonato Mato-grossense, no estádio Gigante do Norte. O Galo do Norte dominou boa parte do confronto, já o adversário jogou fechado e a maior parte do tempo com todos os atletas no campo defensivo, buscando uma bola salvadora.

No primeiro tempo, o Sinop começou trocando passes e buscando o ataque. No entanto, a partir dos 15 minutos o jogo ficou fechado e mais complicado. A primeira etapa ainda foi marcada por uma confusão, que resultou na paralisação do confronto. Na etapa final o cenário se repetiu. O Galo martelou, buscou e nos acréscimos o artilheiro Fogaça conseguiu marcar o gol da vitória para alegria dos torcedores que estavam no estádio e apoiaram o time até o ultimo minuto.

O jogo – aos 11, veio o primeiro lance que levantou a torcida. Robinson recebeu na área e foi derrubado. Os torcedores pediram pênalti, mas o juiz não entendeu assim e mandou o jogo seguir.

No lance seguinte aconteceu a primeira chance clara de gol. Novamente Robinson recebeu cruzamento de Caetano, dominou dentro da grande área e bateu firme. A bola passou por cima do gol do Poconé.

Após essa jogada, a partida ficou mais lenta e foi marcada por passes errados, faltas, chutões e tentativas frustradas, nada que empolgasse os torcedores.

Na marca dos 34, Victor Hugo deu um susto na torcida do Sinop. Em cruzamento pela direita, o zagueiro tentou cortar e chutou contra a própria meta, a bola pegou na trave e foi para escanteio. Por pouco não saiu o gol contra.

A chance animou o time visitante, que no lance seguinte voltou a assustar em novo cruzamento. Dessa vez, o goleiro Pedro conseguiu evitar o tento. Na sequência, Leandro quase marcou. Ele recebeu pela direita e bateu cruzado, mas Pedro novamente fez a defesa.

Na marca dos 39, Juninho levantou a torcida do Galo. Ele recebeu pela direita, levou para o meio e bateu forte. A bola passou a esquerda do gol do Poconé.

Aos 42, em cobrança de falta outra vez a torcida do Sinop ficou perto de gritar gol. Robinson ficou livre dentro da pequena área, mas bateu em cima do goleiro João Pedro.

Aos 44, uma confusão generalizada tomou conta do jogo, que ficou paralisado por mais de 7 minutos. Daniel do Sinop deixou o braço, acertou o adversário e ainda trocou empurrões. A Polícia Militar precisou intervir para “acalmar os ânimos” dos atletas do Poconé, que não gostaram da entrada e foram para cima da arbitragem. Daniel foi expulso pelo Galo e Jean Douglas pelo time visitante. Após isso não houve tempo para mais nada e final de jogo.

Na segunda etapa, logo aos 4 o Sinop quase abriu o placar. Juninho bateu escanteio fechado e quase marcou gol olímpico. Depois disso, as jogadas erradas tomaram conta do confronto. Já na marca dos 24, o Galo ficou perto do gol. Em cobrança de escanteio, Robinson deu um peixinho e cabeceou a bola na trave.

Aos 28, em trapalhada no ataque o Galo perdeu a chance de abrir o placar. Em cobrança de falta perto da linha de fundo, Juninho cruzou rasteiro, dois jogadores do Sinop furaram a batida e a bola cruzou a área sem ninguém completar para o gol.

Aos 33, João Pedro fez milagre e salvou o Poconé. Após cobrança de falta, o zagueiro Victor Hugo desviou de cabeça e o goleiro adversário evitou o gol com as pontas dos dedos.

Aos 41, o Poconé chegou com perigo. Wagner recebeu livre, e bateu rasteiro, mas o goleiro sinopense conseguiu fazer boa defesa.

Na marca dos 48 enfim o torcedor do Galo pode soltar o grito entalado na garganta. Robinson recebeu na área, bateu e o goleiro fez a defesa, mas a bola voltou nos pés de Fogaça que bateu firme, sem chances de defesa e marcou o gol para alívio da torcida. Sinop 1 x 0 Poconé.

Na sequência, o Poconé foi com tudo para cima. Em escanteio após bate e rebate, até o goleiro foi para a área do Sinop. O lance gerou perigo e o Galo quase conseguiu ampliar. No contra ataque, Fogaça recebeu e como estava sem goleiro partiu para cima, mas a defesa conseguiu salvar. Depois disso não houve tempo para mais nada e fim de jogo. Vitória suada do Sinop.

Com a vitória, o Sinop chega a 6 pontos e assume, momentaneamente, a segunda colocação. Já o Poconé, se afunda ainda mais na classificação e não somou pontos na competição.

O próximo compromisso do Sinop será contra o Cuiabá, no dia 8 do aproximo mês, na Arena Pantanal. Já o Poconé enfrenta o Dom Bosco, no estádio Neco Falcão, às 15h, no domingo (2).

Esta noite, o Cuiabá venceu o Luverdense, em Lucas do Rio Verde, e o Mixto ganhou do Araguaia.

Classificação temporária

Cuiabá – 9 pontos
Sinop – 6
União de Rondonópolis – 6
Operário Várzea-grandense – 6
Dom Bosco – 4
Nova Mutum – 3
Mixto – 3
Luverdense 1
Poconé – 0
Araguaia – 0

Só Notícias/Luan Cordeiro (foto: Só Notícias/Guilherme Araújo)