Esportes

Presidente do Nova Mutum descarta compor chapa para futura diretoria da federação

O presidente do Nova Mutum Esporte Clube, Anir Siqueira Coimbra, descartou, ao Só Notícias, qualquer possibilidade de disputar as eleições para a presidência da Federação Mato-grossense de Futebol (FMF). “Não penso agora, vou cuidar do meu clube”, resumiu.

A frente do Nova Mutum, ele vem fazendo uma gestão estável e de estruturação. O time conta com uma folha salarial mensal de R$ 65 mil com os jogadores, e ainda conseguiu implantar uma categoria de base que já tem mais de 80 atletas.

Dentro de campo, o time participou pela primeira vez da Série A do Campeonato Mato-grossense, e terminou a primeira fase em quinto lugar, garantindo vaga à próxima fase, quando encara o Sinop. O planejamento do presidente e diretoria é em 5 anos queremos estar na Série C do Brasileiro.

Conforme Só Notícias já informou, com pouco mais de um ano para expirar o atual mandato do presidente da Federação Mato-grossense de Futebol (FMF), Aron Dresch, o vice-presidente do União Esporte Clube, Reidner Souza, já se antecipou e se coloca como pré-candidato a concorrer pelo cargo. Há 15 dias, o dirigente colorado confirmou sua intenção de brigar pela presidência da entidade que comanda o futebol profissional de Mato Grosso.

Dresch está na federação há três anos após ter derrotado o ex-jogador e empresário do ramo de material esportivo João Carlos Oliveira, que por muito tempo foi vice-presidente da entidade na época do falecido Carlos Orione, morto em 2016.

Só Notícias/Luan Cordeiro (foto: assessoria)