Esportes

Palmeiras vence a terceira e embala para o clássico com Corinthians

O Palmeiras venceu a terceira seguida, segue invicto e tendo sofrido apenas um gol no Campeonato Paulista. Nesta quarta-feira, o Verdão bateu o Oeste por 1 a 0 com gol de Felipe Pires, e mesmo com a atuação apenas regular, pegou ainda mais moral para enfrentar o rival Corinthians, sábado, no Allianz parque. O primeiro tempo foi de dar sono na Arena Barueri. As duas fizeram um jogo de muita disputa de bola, mas pouquíssima inspiração dos dois lados. Prova disso é que o destaque dos 45 minutos iniciais foi o volante Thiago Santos, com boa cobertura defensiva e desarmes precisos.

Dupla do camisa 5 palestrino, Moisés atuou como segundo volante e também mostrou desenvoltura nos passes. Para marcar, no entanto, o camisa 10 sofreu com a parte física no início de temporada.

Mesmo tendo menos posse de bola e tendo até mesmo o centroavante Bruno Lopes colaborado na marcação, o Oeste teve a melhor oportunidade da etapa inicial. Betinho levantou na área e o próprio Bruno Lopes cabeceou para o chão a bola que passou rente ao poste de Weverton.

Além do futebol dos dois times, o destaque negativo foi a atuação do árbitro. Salim Fende Chavez não marcou falta e deixou de expulsar o zagueiro Kanu, que atingiu a barriga de Edu Dracena com a sola do pé em disputa pelo alto. Em outro lance, Victor Luis recebeu cotovelada do adversário, que também saiu impune.

Antes de qualquer análise para saber se o nível do segundo tempo seria melhor, o Palmeiras abriu o placar. Com 13 segundos, Edu Dracena deu chutão para frente, Felipe Pires brigou pela bola, ganhou com a cabeça, invadiu a área e bateu forte para inaugurar o marcador.

Com seis jogados, o Verdão marcou o segundo com Deyverson, mas a arbitragem anotou impedimento do centroavante. Aos nove, foi o Oeste que quase marcou quando o camisa 16 do Palmeiras cortou mal de cabeça e Kanu finalizou forte na trave.

Após o início de segundo tempo agitado, porém, o jogo voltou a ficar monótono. Nem mesmo as entradas de Gustavo Scarpa e Lucas Lima nos lugares de Dudu, único titular em todos os jogos no ano, e Raphel Veiga, sem ritmo de jogo, animaram o duelo.

Na reta final, Bruno Henrique, perto de acertar sua saída do Alviverde para atuar na China também entrou em campo no lugar de Moisés. E assim, o duelo entre as duas equipes então invictas e tendo sofrido apenas um gol no Paulistão terminou com os palmeirenses mais felizes e de olho no jogo de sábado, contra o Corinthians, no Allianz Parque.

 

Gazeta Esportiva (foto: Cesar Grecco/arquivo)