Esportes

Novo clube de futebol é fundado em Rondonópolis

Rondonópolis passa a cidade do interior de Mato Grosso com maior número de clubes profissionais. Mesmo que o esporte bretão esteja em decadência no principal município da região Sul do Estado, lá o torcedor já teve o privilégio de ver três times em atividade ao mesmo tempo, com União, Vila Aurora e Rondonópolis Esporte Clube. No momento, os dois últimos estão licenciado.

Clube mais antigo e dono da maior torcida na cidade, o Colorado, apesar de toda a dificuldade que vem enfrentando nos últimos quatro anos, continua em pé. O mais novo caçula na praça trata-se da Academia Futebol Clube, fundado recentemente e voltado para a formação de jogadores. A equipe é presidida pelo empresário Luiz Renato Sabino, que tem por objetivo priorizar o trabalho de base, nos moldes do REC, quando do seu surgimento na metade da década de 2000.

Apostando no talento de jovens talentos de Mato Grosso e de outros estados, é que Renato Sabino acabou contratando Márcio Schmidt, ex-gestor do REC nas divisões de base, para tocar todo o trabalho, que promete ser promissor. Schimdt, que deixou o REC no início deste ano, é visto como um verdadeiro descobridor de talentos. Foi com seu trabalho que o REC viveu seus melhores momentos na base, com o surgimento de vários jogadores após a primeira participação na Copa São Paulo de Futebol Júnior de 2013, ano em que o meia-atacante Valdívia surgiu ao mundo da bola, sendo artilheiro da Copinha daquele com oito gols.

Maior destaque do time em São Paulo, Valdívia logo em seguida foi vendido ao Internacional de Porto Alegre.