Esportes

Mato-grossense conquista medalha nos jogos Pan-Americanos no Peru

O judoca de Cuiabá, David Moura  não deu chances para o americano Ajax Tadehara e, faltando pouco mais de  dois minutos para o fim da luta, aplicou o ippon, que lhe valeu a vitória e medalha de bronze, nos Jogos Pan-Americanos de Lima, no Peru, ontem. “Acho que é isso, a gente sofre com a derrota mas precisa se recuperar rápido. O bronze também é importante. Tem que saber curtir cada vitória. Foi um ótimo treino e preparação para o Mundial. Aqui estão meu pai e meu filho. Estou feliz, vou almoçar com eles para comemorar o Dia dos Pais. É um dia especial e espero tirar uma lição boa hoje, arrumar os detalhes e trazer um ouro no Mundial”, destacou o atleta, através da assessoria.

Atualmente, Moura é o terceiro colocado no Ranking Mundial de Judô, com 4.332 pontos. Ele também acumula 1.557 na pontuação olímpica e briga por uma inédita vaga na Olímpiadas de Tóquio 2020.

Hoje de madrugada, ele embarcará para o Japão onde seguirá se preparando para o Mundial de Tóquio, que inicia no dia 25 de agosto e vai até dia 1 de setembro, sendo a competição mais dura deste ano e que servirá de evento-teste para os Jogos Olímpicos de 2020.

Com 31 anos, o judoca está na seleção brasileira há mais de 10 anos, é campeão dos jogos pan-americanos de Toronto, vice-campeão mundial, coleciona diversos títulos internacionais. É atleta e embaixador do Instituto Reação, patrocinado pela Unimed Cuiabá, BV financeira e Oncomed Mato Grosso.

Redação Só Notícias (foto: assessoria)