Esportes

Luverdense rescinde contratos com zagueiro, meia e atacante

Com um futuro ainda incerto, o Luverdense Esporte Clube acertou a rescisão com três atletas que defenderam a equipe na primeira fase do Campeonato Mato-grossense. As baixas foram no setor defensivo, meio de campo e ataque. Não foi confirmado, no entanto, o motivo dos rompimentos.

Um dos liberados é o zagueiro Raphael Rodrigues Borges, de 21 anos. Natural de Água Boa, estava no LEC desde 2016, e já passou pelas categorias de base do Goiás e Cuiabá. Essa temporada, disputou oito jogos no Estadual, sendo sete como titular. Também foi utilizado no jogo da Copa do Brasil, diante do Bahia de Feira.

Já o meia Eulânio Emílio Mendes, de 22 anos, estava no clube desde 2017, quando integrava a categoria de base. Em 2018 passou pelo União de Rondonópolis, 2019 pelo Corumbaense e Cacerense, retornando para o Luverdense. Este ano atuou em sete oportunidades, cinco como titular.

A última baixa é do atacante Gustavo Alexandre Barbosa, o Gustavinho, de 26 anos, que passou por clubes como a Caldense (MG), Santo André (SP), São Bernardo (SP), Mirassol (SP), dentre outros. Chegou esta temporada e disputou oito jogos, marcando um gol diante do Mixto, confronto que livrou o LEC do rebaixamento do Mato-grossense.

O Luverdense ainda não definiu se disputará as competições restantes este ano. Pelo Estadual, o clube está classificado para as quartas de final e mede forças com o Cuiabá, em data ainda não definida.

Já na Série D do Campeonato Brasileiro, deve estrear em setembro, contra o River, do Piauí. Está no grupo A2 e tem como adversários o Santos (AP), Moto Club (MA), Juventude (MA), Altos (PI), São Raimundo (RR), e ainda há uma vaga aberta, que será decidida entre Baré (RR) e Ypiranga (AP).

Só Notícias/Luan Cordeiro e Altair Anderli, de Lucas do Rio Verde (foto: arquivo/assessoria)