Esportes

Inter vence Fortaleza e derruba tabu no Brasileirão

Neste sábado, o Internacional derrotou o Fortaleza por 1 a 0 na Arena Castelão, pela 15ª rodada do Campeonato Brasileiro. Focado no mata-mata da Libertadores, os reservas do time gaúcho foram escalados e levaram a melhor. Wellington Paulista foi o autor do único gol. O Colorado ainda acabou com o jejum de quase um ano sem vencer fora de casa na competição. A última vitória aconteceu no dia 22 de agosto de 2018 sobre o Bahia, por 1 a 0, na Arena Fonte Nova.

Com o resultado, o Inter saltou para o sexto lugar, com 24 pontos. Já o Fortaleza permanece na 13ª posição, com 17 pontos.

Agora, o Colorado volta suas atenções para o primeiro jogo das quartas de final da Libertadores. O time de Odair Hellmann enfrenta o Flamengo, nesta quarta-feira, às 21h30 (de Brasília), no Maracanã. No Brasileirão, o próximo confronto será no domingo, contra o Goiás, às 16 horas (de Brasília), no Serra Dourada. O Leão tem compromisso no mesmo dia contra o Santos, na Vila Belmiro.

O jogo – A partida começou com 20 minutos de atraso devido a um enxame de abelhas. Apesar do problema, o árbitro iniciou a partida. Os donos da casa tomam a iniciativa, enquanto os visitantes se resguardam no sistema defensivo. Aos nove minutos, Juninho chutou forte de área e passou por cima da meta de Danilo Fernandes. Usando reservas, o Internacional ainda não conseguiu se encontrar na partida.

Depois dos 20 minutos, os mandantes cresceram na partida e levam perigo a defesa vermelha.Que oportunidade o Leão perdeu de abrir o placar. Aos 21, Wellington Paulista tocou para Tinga que cruzou na área. Romarinho chutou em cima de Rithely. A bola sobrou para Mariano Vásquez que bateu para a ótima defesa de Danilo Fernandes. O Fortaleza avançou a marcação e dificultou a saída de bola do Internacional.

Estreando com a camisa do Inter, o volante Bruno Silva tem uma atuação discreta. O lateral-esquerdo Natanael vem sofrendo na marcação sobre o atacante Romarinho. Mais uma vez brilhou a estrela de Danilo Fernandes. Aos 44, uma ótima jogada do Leão que sobrou para finalização de Edinho que chutou cruzado para uma defesa sensacional do arqueiro vermelho. A etapa inicial teve domínio dos nordestinos que desperdiçaram duas boas chances de estar na frente. Já o Colorado não criou nenhuma oportunidade e apenas se defendeu.

No começo do segundo tempo os vermelhos chegaram com perigo na bola parada. Aos três minutos, na cobrança de falta de Zeca, Emerson Santos conseguiu o desvio e buscou Tréllez, mas o atacante sem ângulo não fez uma boa finalização. Tendo mais tempo com a bola, o Inter se posicionou melhor na partida.

Para ganhar o meio-campo novamente, o técnico Zé Ricardo sacou Mariano Vásquez para a entrada de Nenê Bonilha. De má atuação, o centroavante Tréllez foi substituído para a entrada de Guilherme Parede. O colombiano mantém o jejum de quase um ano sem fazer gols. A última vez que o atacante fez um tento foi no dia 2 de setembro de 2018.

A mudança do técnico Odair Hellmann logo em seguida acabou dando resultado. Aos 20, Guilherme Parede venceu a disputa com Roger Carvalho, continuou a jogada e chutou cruzado. Felipe Alves defendeu. No rebote, Wellington Silva chutou forte e estufou as redes do Fortaleza.

Correndo atrás do prejuízo, o Leão se mandou para o ataque. Aos 29, Tinga cruzou da direita e Wellington Paulista cabeceou para uma bela defesa de Danilo Fernandes. Bem postado no sistema defensivo, o Colorado pouco é ameaçado pelo Fortaleza.

Esse triunfo vermelho se deve à excelente atuação do goleiro Danilo Fernandes evitando que os nordestinos estivesse na frente do marcador. Na base do abafa, o Leão tentou chegar a igualdade. Aos 42, Bruno Melo vai mais cedo para o chuveiro porque colocou a mão na bola e como já tinha amarelo foi expulso.

Na reta final o Fortaleza bem que tentou, mas não teve forças para reagir no confronto. Decisivo, o atacante Guilherme Parede teve papel importante para terminar com o jejum de ainda não ter vencido fora de casa no Brasileiro.

Gazeta Esportiva (foto: Ricardo Duarte/assessoria)