Esportes

Fernando Diniz não é mais técnico do Fluminense

Após mais uma derrota, desta vez diante do CSA, no Maracanã, o Fluminense anunciou, na manhã desta segunda-feira, a demissão do técnico Fernando Diniz. Agora, o clube das laranjeiras começa a busca por um substituto, e enquanto isso, quem assume o time é o auxiliar técnico Marcão.

“O Fluminense FC desligou, na manhã desta segunda-feira (19), o técnico Fernando Diniz. O clube agradece o treinador e deseja sorte em sua carreira. A diretoria trabalha na contratação do novo treinador e o auxiliar técnico Marcão assume a equipe interinamente”, informou o clube, por meio de nota oficial.

Diniz assumiu o comando técnico do Fluminense no início desta temporada. Desde o início, buscou implementar seu modelo de jogo ofensivo, caracterizado pela saída de bola com o goleiro e zagueiros, além de muitos jogadores no campo de ataque. No entanto, os resultados não vieram e a pressão sobre seus ombros passou a crescer.

Ao todo, Diniz comandou o Fluminense em 43 partidas, com 18 vitórias, 11 empates e 14 derrotas, um aproveitamento equivalente a 52% dos pontos disputados. No momento, o Tricolor está nas quartas de final da Sul-Americana e enfrentará o Corinthians na próxima quinta-feira. Além disso, o time das Laranjeiras caiu nas oitavas de final da Copa do Brasil para o Cruzeiro.

No Campeonato Brasileiro, o Fluminense está na 18ª posição, com 12 pontos somados. Depois da derrota para o CSA, o time foi ultrapassado pela Chapecoense, que venceu o Avaí. O Tricolor só voltará em campo pelo Brasileirão no dia 2 de setembro, contra o lanterna Avaí, já que a partida contra o Palmeiras, que seria no próximo fim de semana, foi adiada.

Gazeta Esportiva (foto: arquivo/assessoria)