Esportes

Entre os 5 melhores do estadual Nova Mutum projeta Copa do Brasil e Série C

O Nova Mutum Esporte Clube, estreante na elite do Campeonato Mato-grossense, entra na reta final da primeira fase entre os cinco melhores e está bem perto de se classificar para a próxima fase. 5º colocado com 8 pontos, domingo às 15h30, recebe o lanterna Araguaia, no estádio Valdir Doilho Wons, em Mutum, e é favorito.

O desempenho do time vem agradando a diretoria.  O presidente do Nova Mutum, Anir Siqueira Coimbra, avalia que a equipe ainda vai “apresentar muita determinação e brigar de igual para igual com os times grandes e tradicionais. Certamente, vamos fazer um grande Estadual”, completou. “Acredito que dá para sonhar mais alto, como (conquistar vaga) em uma Copa do Brasil. Além disso, nós não queremos só o Estadual. O nosso projeto é ousado e em 5 anos queremos estar na Série C do Brasileiro, mas creio que não vá tudo isso”, apontou, ao Só Notícias.

Anir analisou que a gestão do clube reflete dentro de campo. “Buscamos começar bem organizados. Antes de entrarmos em competições ficamos mais de um ano só organizando a equipe e o primeiro campeonato oficial foi a segunda divisão do Mato-grossense em 2019. É um trabalho sólido, pessoas engajadas, mas sempre mantendo os pés no chão”, expôs.

Atualmente, o time tem uma folha salarial mensal de R$ 65 mil com os jogadores, cerca de 4 vezes menor que a do Cuiabá, que é de aproximadamente R$ 300 mil. Para atender essa demanda, o clube conta com 14 patrocinadores, entre masters e médios, além de 60 placas no estádio que custam R$ 4 mil cada. “Para o suporte de treinamento temos uma academia grande da cidade, parte médica trabalhamos com convênios com clínicas, então temos tudo isso a nossa disposição”, frisou o presidente.

O presidente garante que não foi fácil erguer o clube. “Foi duro chegar até aqui. Até comunidade em geral acreditar no projeto levou tempo, porque o torcedor só acredita vendo, acha que é só um sonho, mas a realidade está aí. Ainda é sofrido, mas estamos honrando e as coisas estão indo. Agora a torcida abraçou a causa, está ajudando e comparecendo nos jogos”.

O “abraço” dos torcedores e amor, como citado por Anir, pode ser percebido nas redes sociais do clube e de acordo com o dirigente, para o futuro os apaixonados podem esperar ainda mais crescimento.

Com 26 integrantes na diretoria, comissão técnica por 7, equipe médica por 6 (entre cardiologistas, fisioterapeutas, além de clínico geral), e um grupo com 20 jogadores.

Classificação
1 Cuiabá – 16 pontos
2 União de Rondonópolis – 14
3 Operário Várzea-grandense – 11
4 Sinop – 10
5 Nova Mutum – 8
6 Dom Bosco – 8
7 Poconé – 7
8 Luverdense – 5
9 Mixto – 4
10 Araguaia – 0

Só Notícias/Luan Cordeiro (foto: assessoria)