terça-feira, 5/março/2024
PUBLICIDADE

Cruzeiro goleia o Fortaleza pelo Brasileirão

PUBLICIDADE

O Fortaleza até que mostrou muita vontade, mas não foi capaz que suportar a pressão do Cruzeiro que venceu o confronto por 3 a 0, na tarde deste sábado, no Mineirão, pela 15ª rodada do Campeonato Brasileiro. A equipe cearense teve o goleiro Bosco expulso aos 38min da primeira etapa.

Os gols da Raposa foram marcados por Kelly e Diego, que fez dois, nos minutos finais. Com o resultado, os mineiros, que se recuperaram na competição, chegaram aos 27 pontos, subindo para a sexta colocação na tabela de classificação. Já os cearenses permaneceram com 21 pontos, na 13ª posição. Na próxima rodada, o time mineiro pega o Brasiliense, em Taguatinga, e a equipe cearense recebe o Figueirese, no Castelão.

O jogo – Disposto a se recuperar na competição, após o tropeço diante do Corinthians, no meio de semana, o Cruzeiro iniciou a partida tentando sufocar o Fortaleza. Logo no primeiro lance do jogo, o artilheiro Fred apareceu na cara do goleiro Bosco. Porém, a arbitragem marcou impedimento.

Vindo de vitória sobre o Juventude, a equipe cearense também tentava surpreender a Raposa. Para isso, buscava chegar ao gol de Fábio nos contra-ataques.

A partida era bem disputada, com as duas equipes buscando a abertura do placar. O time mineiro explorava mais o setor direito do campo, com Maurinho, Wagner e Fred. Aos 8min, o armador Wagner resolveu inverter seu posicionamento e desceu pela esquerda. Já dentro da área, recebeu lançamento e chutou de primeira. Bem colocado, o goleiro Bosco defendeu com o joelho. Aos 12min, foi a vez do time cearense dar o troco. Na velocidade, o mineiro Rinaldo, ex-América-MG, invadiu a área e chutou cruzado. Fábio teve que se esticar todo para fazer a defesa.

O jogo era aberto. Apesar de jogar na casa do adversário, o Fortaleza era abusado. Porém, a equipe cearense acabou pagando caro e cedo demais pela sua ousadia. Como saía para o ataque, abria espaços para as descidas do adversário. E foi justamente isso o que aconteceu. Aos 14min, Adriano fez boa jogada com Fred que deixou a bola passar para Kelly. O meia-atacante invadiu a área e chutou na saída do goleiro Bosco para fazer Cruzeiro 1 a 0.

Apesar de ter sofrido o gol, o Fortaleza não se abateu. A equipe cearense continuou buscando o ataque, merecendo até o gol de empate, apesar de continuar sofrendo os riscos dos contra-ataques. Em duas oportunidades, os cearenses quase conseguiram igualar o placar. Aos 24min, o velocista Rinaldo livrou-se da marcação e cruzou rasteiro para a área. Paulo Isidoro apareceu de surpresa e desviou. A bola passou com muito perigo, à direita do goleiro Fábio. Um minuto depois, o jovem Amaral, de apenas 17 anos, pegou a sobra de bola na área e chutou forte, obrigando Fábio a fazer grande defesa.

Mesmo com a pressão, a Raposa era muito perigosa nos contra-ataques. Se encaixasse uma jogada certa, poderia ampliar o marcador, já que o Fortaleza descia desordenadamente para o ataque. E contra-ataque mortal acabou acontecendo aos 38min. Maldonado roubou a bola no meio-campo e lançou para o atacante Fred. O atacante ganhou na velocidade, invadiu a área e foi derrubado por Bosco. O árbitro paulista Luiz Marcelo Cansian marcou pênalti e expulsou o goleiro, que era o último homem.

O próprio atacante foi para a cobrança, desta vez com o gol defendido por Albérico, que entrou no lugar de Rinaldo. E o novo goleiro já entrou mostrando que tem sorte. Na cobrança, o artilheiro do Brasileiro acertou a bola na trave esquerda não conseguindo ir para o intervalo com uma vantagem maior no placar.

No segundo tempo, as duas equipes voltaram com a mesma formação. Porém, com dez jogadores em campo, o Fortaleza já não tinha a mesma disposição apresentada na etapa inicial. Para não deixar o Cruzeiro ampliar, a equipe cearense se posicionou mais na defesa e fortaleceu a marcação no meio, para tentar sair nos contra-ataques. Já o time mineiro, com a vantagem no placar, esperava os melhores momentos para descer ao ataque, sem comprometer o sistema defensivo.

Porém, o ritmo da partida caiu bastante. O Fortaleza, apesar de brigar bastante, não tinha forças para chegar com perigo ao gol de Fábio. Já o Cruzeiro, mesmo com um jogador a mais, não aproveitava as chances que conseguiu criar para ampliar o marcador. A equipe mineira abusa do direito de tocar passes para os lados no meio-campo. E, apesar da lentidão, as chances até que apareceram. Aos 14min, Wagner desceu pela esquerda e cruzou na cabeça de Kelly. O meia-atacante, sozinho, cabeceou por cima do gol.

Sem inspiração na segunda etapa da partida, as duas equipes pareciam satisfeitas com o resultado. Somente um erro grotesco de alguma parte poderia proporcionar o gol do adversário. O técnico Hélio dos Anjos, mesmo com um jogador a menos, tentava, sem sucesso, empurrar seu time para o ataque. Pelo lado da Raposa, o técnico PC Gusmão gesticulava para o time tocar a bola com velocidade. Mas o treinador não era atendido, pois os jogadores insistiam em carregar a bola, sendo desarmados pela marcação na maior parte das vezes.

No final da partida, o Fortaleza quase conseguiu o gol de empate, que até seria justo, pela luta apresentada em campo. A equipe cearense jogou com um jogador a menos desde os 38min, da primeira etapa, segurando a pressão da Raposa. Aos 36min, Marcos Denner, que tinha acabado de entrar, passou pelo zagueiro Moisés e chutou forte. Fábio fez grande defesa, espalmando no canto esquerdo alto.

Como não conseguiu o empate, a equipe cearense sofreu o castigo. Em dois lances, o jovem Diego matou a partida. Primeiro, aos 38min, o atacante fez jogada individual pela esquerda, invadiu a área e chutou forte, no canto do goleiro Bosco. Depois, aos 40min, o atacante completou jogada iniciada por Fábio Santos.

COMPARTILHE:

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Mais notícias
Relacionadas

Festival esportivo é concluído e campeões definidos em Sorriso

A 19ª edição do Festival Esportivo da Praça da...

Cuiabá anuncia novo gerente geral das categorias de base

Rafael Fernandes foi anunciado como novo gerente geral da...

Ainda sem treinador, Cuiabá se prepara para duelos decisivos em mata-matas

Já classificado para semifinal do Campeonato Mato-grossense, o Cuiabá,...

Corrida de verão reúne competidores em Lucas do Rio Verde

A Corrida de verão foi realizada ontem de manhã...
PUBLICIDADE