Esportes

Corinthians e Vasco fazem jogo pouco movimentado e ficam no empate sem gols  

Em partida válida pela 37ª rodada do Campeonato Brasileiro, Corinthians e Vasco fizeram um duelo sem grandes emoções neste domingo e empataram em 0 a 0 na Neo Química Arena.

Com o resultado, o Timão se encontra na 10ª posição com 50 pontos e pode ficar sem chances matemáticas de se classificar para a Libertadores ainda nesta rodada, caso Santos ou Athletico-PR vençam suas partidas. Já o Vasco permaneceu na 17ª colocação com 38 pontos e precisa de um “milagre” para escapar da zona de rebaixamento.

Na próxima e última rodada, o Corinthians enfrenta o Internacional na quinta, às 21h30 (de Brasília), no Beira-Rio. Já o Vasco recebe o Goiás em São Januário no mesmo dia e horário.

O Corinthians teve a primeira grande oportunidade logo aos seis minutos, com Léo Natel. Em rápido contra-ataque, o atacante recebeu na entrada da área e teve a chance de tocar para três companheiros mais bem posicionados, mas resolveu finalizar e acabou mandando para fora. Depois, o Timão ficou com o domínio da posse de bola e passou a tentar criar jogadas trocando passes, enquanto o Vasco se manteve postado no campo de defesa.

No entanto, o Timão teve dificuldades para furar o sistema defensivo do adversário e construiu poucas oportunidades claras de gol. A principal delas aconteceu aos 16, quando Mosquito fez boa triangulação com Ramiro e entregou para Fagner bater de primeira, mas Fernando Miguel espalmou para escanteio. Já o Vasco respondeu aos 37 minutos, com uma finalização perigosa de Carlinhos de fora da área.

A primeira etapa ainda gerou uma preocupação para o técnico Vagner Mancini. Mosquito se machucou após uma pancada com Leandro Castan e teve que ser substituído por Gabriel Pereira. Além dele, Fagner sentiu dores nos instantes finais e deu lugar a Michel Macedo durante o intervalo.

O treinador do Corinthians colocou Cazares no segundo tempo para tentar melhorar a criação de jogadas, e o meia participou de uma bela chance logo aos 10 minutos. O equatoriano tabelou com Ramiro e deixou o camisa 8 em boas condições de marcar, porém ele bateu fraco e o goleiro defendeu. Aos 18, Michel Macedo fez cruzamento pela direita que atravessou a área e sobrou pra Fábio Santos, que pegou de primeira e bateu com perigo.

O Cruzmaltino deu resposta três minutos depois novamente com Carlinhos. O jogador avançou pela esquerda, fez cruzamento para a área e acertou o travessão do goleiro Cássio.

Nos últimos minutos, o Gigante da Colina saiu mais para o jogo e deixou confronto equilibrado, mas sem construir lances de perigo. O Timão ainda teve uma chance final com Jô aos 46, mas Fernando Miguel fez boa defesa e manteve o empate sem gols até o apito final.

Gazeta Esportiva (foto: Rodrigo Coca/assessoria)