Esportes

Após jogo no PR, delegação do time feminino do Operário não apresenta sintomas de Coronavírus

A delegação do time feminino do Operário Futebol Clube voltou ‘ilesa’ de sua viagem até a cidade de Foz de Iguaçu (PR), onde fez sua estreia no Campeonato Brasileiro da categoria da Segunda Divisão no último final de semana. A equipe sofreu uma goleada de 4 a 0 para o Foz de Cataratas.

Uma das cidades mais visitadas do país por conta de suas belezas naturais, Foz de Iguaçu, que faz fronteiras com Argentina e Paraguai, recebe diariamente milhares de turistas de todo parte do mundo. No período em que ficou na cidade para o compromisso, o Operário conviveu com centenas de pessoas de várias nacionalidades.

A diretora responsável pela equipe Elair de Brito, disse que a delegação ficou hospedada em hotel superlotado. O risco de contaminação era grande pelo grande número de turistas na cidade. Contudo, ao retornar para Cuiabá, a dirigente afirma que nenhum integrante da delegação se queixou de algum sintoma que possa a levar suspeita de Cononavírus.

“Lá em Foz do Iguaçu havia muita gente. A cidade está lotada com turistas de toda a parte do mundo. Além de ser fronteira com Argentina e Paraguaia. Mas graças a Deus chegamos em Cuiabá e ninguém se queixou de nada. É sinal que ninguém se contaminou graças a Deus”, destacou a dirigente.

Por causa da crise mundial da pandemia, o Operário decidiu interromper todos os treinamentos a partir da próxima semana. Até pelo fato da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) ter paralisado todos os seus campeonatos nacionais.

A Gazeta (foto: arquivo/assessoria)