Esportes

Apesar de indefinições de calendário Sinop ainda pode sediar etapa estadual dos Escolares

Sinop perdeu para Primavera do Leste a disputa para sediar fase estadual os Jogos Escolares da Juventude da categoria A, para estudantes com idade entre 15 e 17 anos. A decisão foi tomada pela secretaria de Estado de Esportes e Lazer (Secel) pouco antes de o Comitê Olímpico Brasileiro (COB) suspender, temporariamente, a realização das etapas regionais por causa da pandemia do novo Coronavírus. No entanto, segundo o secretário-adjunto de Esporte e Lazer da Secel, Jefferson Carvalho Neves, ainda faltam terminar as vistorias para homologar as sedes.

No lugar da categoria A, a Secel ofereceu para Sinop sediar a etapa estadual dos Jogos na categoria B, para alunos com idade entre 13 e 14 anos. Diante da indefinição do COB, o gerente de Esportes de Sinop, Victor Medina, informou que não pode tomar uma decisão ainda. Caso não haja a realização das etapas estaduais, a intenção da Gerência de Esportes de Sinop é realizar a etapa municipal, somente quando houver condições seguras.

No Estado a situação também é de indefinição. Isso porque o COB anunciou, no fim de março, o cancelamento das etapas regionais, que seriam realizadas em setembro. Cuiabá disputava para sediar as competições da Regional Verde, com estados do Norte, além de Mato Grosso e Distrito Federal. Até o final de julho o Comitê deve tomar uma decisão sobre a realização da etapa nacional em novembro.

Jefferson explicou que assim que surgiu a indefinição, a pasta desenhou um cenário com cinco possibilidades: a mais otimista era manter o calendário e realizar as fases regionais no final de maio, mas com o avanço da pandemia já foi descartada; outra é realizar a competição em junho, mas também está quase descartada em função do pouco tempo que os atletas terão para treinar; o terceiro cenário é realizar os jogos em setembro descartando as etapas regionais; outra possibilidade é realizar apenas a etapa estadual, também em setembro; e a hipótese final é cancelar todos os jogos se o COB, de fato, não realizar a fase nacional em novembro.

“Nessa quinta hipótese, pensamos em realizar apenas o estadual de seleções estudantis municipais para que Mato Grosso possa contar com pelo menos uma grande competição escolar neste ano. O cenário é de incertezas, precisaremos analisar os acontecimentos, mas será com a ajuda dos municípios e da comunidade escolar que poderemos construir decisões que sejam o melhor para todos e todas”, pontuou Jefferson.

Só Notícias/Marco Stamm (foto: arquivo/Ademir Jr)