Educação

Unemat abre especialização na área de agricultura em Nova Mutum

Estão abertas as inscrições para o processo seletivo para o curso de Especialização em Energia Renovável na Agricultura, com carga horária de 450 horas, a ser desenvolvido no Câmpus da Unemat em Nova Mutum. São oferecidas 50 vagas.

As inscrições podem ser feitas até 31 de julho, exclusivamente via internet, pelo Sistema Integrado de Gestão de Atividades Acadêmicas (Sigaa). No ato de inscrição, é necessário anexar: RG, CPF ou carteira de habilitação; diploma de curso de graduação ou declaração de conclusão; c) Currículo Lattes; d) Curriculum Profissional com comprovação da experiência; Carta de Intenção (modelo disponível em edital).

O público-alvo são portadores de diploma de nível superior de Agronomia, Engenharia Agronômica, Engenharia Agrícola, Engenharia Agrícola e Ambiental, Engenharia de Energia, Engenharia Mecânica, Engenharia Agroindustrial, Engenharia de Produção, Engenharia Elétrica, Engenharia Civil, Engenharia Química e Física.

O curso multidisciplinar foca na qualificação complementar de profissionais, pesquisadores e empreendedores ligados à Energia e ao Agronegócio Brasileiro. A grade curricular foi baseada nas principais demandas dos sistemas produtivos agrícolas e agroindustriais da atualidade, possibilitando a proximidade do profissional qualificado com o setor agrícola produtivo.

A seleção consta de três etapas: Inscrição (Eliminatória); II – Análise de Currículo (Classificatória); III – Análise de Carta de Intenção (Classificatória). Não é cobrada taxa de inscrição no processo seletivo. Para viabilidade e pagamento das despesas, haverá o custo por aluno de 18 mensalidades no valor de R$ 480.

As ações formativas serão ofertadas na modalidade à distância, sendo devidamente encaminhadas e orientadas pelo corpo docente. As aulas serão ofertadas por meio de módulos, com aulas semanais aos sábados. A aula inaugural e o início do primeiro módulo estão previstos para 27 de agosto. O curso terá duração de 18 meses.

Redação Só Notícias (foto: assessoria)