Educação

UFMT em Sinop terá mestrado em ensino de ciências da natureza e matemática

O campus de Sinop da Universidade Federal de Mato Grosso terá um programa de pós-graduação em ensino de ciências da natureza e matemática. O mestrado profissionalizante, vinculado ao Instituto de Ciências Naturais, Humanas e Sociais, foi aprovado pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) no início desse mês.
A pró-reitora de Ensino de Pós-graduação, professora Ozerina Victor de Oliveira, destacou que é uma conquista muito importante para a UFMT. “O grupo de professores que está à frente deste programa já vem tentando há algum tempo e dessa vez tiveram a felicidade de conseguir e está muito feliz com isso”, afirmou.

Para o pró-reitor do campus de Sinop, professor Roberto Carlos Beber, a aprovação de mais um programa de Pós-Graduação consolida e fortalece a expansão da Instituição, em especial na região Norte.

O coordenador da proposta, professor Edson Pereira Barbosa, explicou, por meio da assessoria da UFMT, que o novo programa de pós-graduação tem como objetivo proporcionar formação continuada a professores de matemática e ciências da natureza (biologia, física e química) que atuam na educação básica, visando desenvolver uma cultura profissional docente pautada pela autonomia, pela pesquisa na sala de aula e pela reflexão da própria prática, bem como das condições objetivas do trabalho docente.
“O mestrado profissional está diretamente voltado para o trabalho já desenvolvido na sala de aula. Assim, toda a produção e formação será voltada a professores que trabalham com ensino de ciências da natureza e matemática. Com isso, as pesquisas terão que estar diretamente relacionadas com o ensino e a educação”.
Além do novo mestrado em ensino de ciências da natureza e matemática o campus de Sinop possui outros quatro programas: ciências ambientais, agronomia, zootecnia e ciências em saúde. A professora Ozerina Victor de Oliveira aponta que os já existentes não contemplavam a formação de professores para a educação básica.

“Era toda uma região que esses profissionais não tinham alternativa senão sair de lá para se qualificar. Agora, o campus de Sinop pode proporcionar isso para o público da região Norte. Nosso principal objetivo estratégico é consolidar a pós-graduação na UFMT. Consolidar não é só melhorar a qualidade, é atender e criar cursos em áreas que antes não existiam”, finalizou Oliveira.

Redação Só Notícias