Educação

Sintep continua negociação com o governo nesta 5ª feira

O Sindicato  dos Trabalhadores no Ensino Público de Mato Grosso (Sintep) tem reunião marcada com a secretária de Estado de Educação na quinta-feira para tratar da pauta de reivindicação sindical e que foi respondida pelo governo em documento oficial, com calendário regular até o final de 2019. “A prática é histórica na relação com o governo e reitera a disposição de avançarmos no diálogo para ressignificar a valoração e valorização da Educação em Mato Grosso”, esclarece o presidente do Sintep, Valdeir Pereira.

No último dia 20, o sindicato acusou a secretaria estadual de Educação de “calote”, e de promover “retaliação” aos profissionais da Educação que fizeram greve e tiveram ponto cortado De acordo com o sindicato, parte dos servidores não teve a “primeira data para pagamento dos dias cortados, os salários referente aos meses de maio e junho não foram depositados”.

Em nota anterior, o Sintep afirma que “a Seduc está retaliando os trabalhadores escolhendo quem vai receber ou não”. O presidente do sindicato, Valdeir Pereira, aponta “que o governo teve tempo suficiente para gerar a folha, inclusive em parcela única, para restituir aquilo que foi descontado dos trabalhadores da Educação”. “Problemas até poderiam existir, um ou outro, mas não regra geral”, disse.

O documento do governo apontou a restituição dos dias cortados em duas parcelas. A primeira seria ontem. E 10 de setembro, os valores do mês corrente (agosto) e também restituição de julho. Hoje, o sindicato deve buscar esclarecimentos junto ao governo, em reunião na secretaria da Casa Civil.

Redação Só Notícias (foto: assessoria/arquivo)