Educação

Sinop e outros campus da UFMT aderem a atividades remotas que começam em agosto

O Conselho de Ensino Pesquisa e Extensão (CONSEPE) da Universidade Federal do Mato Grosso aprovou uma  resolução que regulamenta a flexibilização dos processos de ensino/aprendizagem presenciais. A decisão autoriza a oferta exclusiva de componentes curriculares e disciplinas obrigatórias ou optativas, tópicos especiais, monografia ou trabalho de conclusão de curso e demais atividades previstas no projeto pedagógico de cada curso, por meio de processos de educação mediada por Tecnologia da Informação e Comunicação.

As unidades acadêmicas interessadas na oferta dos componentes curriculares flexibilizados manifestaram interesse à Pró-reitoria de Ensino de Graduação que registrou a adesão de 70 do total de 88 cursos de graduação, nos 4 campi da UFMT. Aderiram a flexibilização 40 cursos de graduação do campus Cuiabá (724 componentes curriculares ofertados), 5 de Várzea Grande (114 componentes curriculares ofertados), 15 do Araguaia (201 componentes curriculares ofertados) e 10 cursos de Sinop (283 componentes curriculares ofertados).

O período de ajuste de matrícula do aluno online será de 6 a 11 de agosto, e o período para ajuste do coordenador on line de 14 a 18 de agosto. Segundo a assessoria, os discentes interessados em se matricular em componentes curriculares flexibilizados devem se informar nas coordenações dos seus respectivos cursos sobre quais componentes serão disponibilizados através deste tipo de oferta.

As aulas começarão no dia 10 de agosto com término previsto para 16 de dezembro. O Consepe aprovou um calendário acadêmico suplementar específico para a oferta desses componentes durante este período.

A UFMT informou ainda que a Comissão de Acolhimento organizará um acolhimento virtual para os calouros que iniciarão suas aulas remotas no dia 10 de agosto. “A SETEC disponibilizará uma capacitação para discentes que iniciarão aulas remotas neste período suplementar sobre introdução a ambientes virtuais de aprendizagem. As inscrições iniciam na próxima semana”, disse a instituição.

Redação Só Notícias (foto: assessoria/arquivo)