Educação

Secretaria estadual de Educação vai implantar escola agrícola na região Sul de Mato Grosso

A secretaria de Estado de Educação assinou, hoje, um termo de compromisso para criar uma escola agrícola, em Alto Garças (364 quilômetros ao Sul de Cuiabá) Esta será a terceira nesta modalidade a ser implantada em Mato Grosso. Baseada nos moldes das Escolas Estaduais em Terra Nova do Norte e Água Boa, a unidade escolar beneficiará cerca de 140 estudantes do ensino médio técnico profissionalizante já no início do próximo ano letivo.

Localizada em uma área de 30 hectares, a unidade escolar contará com locais para vivências aplicadas ao curso técnico de Agroecologia, que por sua vez segue a pedagogia de alternância e também sistema de internato.

“Essa parceria com o município de Alto Garças resultará na transformação do ensino técnico agrícola da região Sul do Araguaia. Nossos estudantes estarão mais preparados para elaboração dos projetos de vida e com vivências que resultarão na conquista de ótimas oportunidades no mercado de trabalho”, destacou secretário estadual de Educação, Alan Porto.

A partir da estruturação do Projeto Escolas Agrícolas 4.0, novas unidades escolares, que ofertem essa modalidade, serão inauguradas. Para contemplar as especificidades de produção de cada região, a Seduc irá implantar em 15 polos do Estado as matrizes curriculares que ofertem as especificidades técnico profissionalizante.

“Atualmente, Alto Garças é um município em ampla expansão agrícola pela produção de soja, algodão, milho e empresas sementeiras. A oferta do ensino técnico profissionalizante é um desejo muito esperado pela população e, a expectativa é poder firmar parcerias que fomentem a economia local. A inauguração dessa escola será um ganho para todos”, destacou o prefeito de Alto Garças, Claudinei Singolano.

Além do conteúdo teórico, os estudantes vão participar de atividades práticas vinculadas aos moldes da agricultura familiar, como o cultivo de hortifrutigranjeiros e a criação e manejo de animais. Eles também aprenderão técnicas sustentáveis mantenedoras, tanto de uma pequena propriedade, quanto da gestão de uma grande produção.

A Pedagogia da Alternância é uma oferta de ensino em período integral, em que o estudante é residente no internato, porém com aulas alternadas entre uma semana na escola e outra em casa. O período em casa é utilizado para estudo, pesquisa e observação da realidade familiar.

Redação Só Notícias (foto: assessoria)