Educação

Professores de escolas públicas são treinados para levar robótica às salas de aulas

Professores de cinco escolas públicas dos municípios de Alta Floresta, Colíder, Confresa, Juína e Campo Novo do Parecis participaram do treinamento para o projeto Robótica SESI, em Parceria com o Tribunal Regional do Trabalho (TRT) e Mistério Público e terão a missão de preparar os alunos para o festival de Robótica que acontecerá em julho, em Cuiabá.

O projeto é parte das ações do TRT para redução da evasão escolar e combate ao trabalho infantil e proporciona aos estudantes a oportunidade de solucionar problemas reais por meio de sistemas automatizados e/ou controlados por robôs. “Com a didática aplicada é possível fortalecer a capacidade de inovação, criatividade e raciocínio lógico, além de estimular nos jovens o desejo de serem cientistas, engenheiros e contribuir com o desenvolvimento da indústria 4.0”, afirma o gerente de Educação do Sesi, Carlos Braguini.

Odair José Tomaz, professor de geografia da Escola Estadual Artur Antunes Maciel, de Juína, é o responsável por replicar os conhecimentos. “Nós recebemos o Kit de Robótica em agosto de 2018, mas não sabíamos o potencial do projeto. Com o treinamento tudo ficou mais claro. Deu um norte do que é a robótica. Hoje percebo que vai muito além de robôs, é mais humano do que mecânico”.

Na escola em que atua já são 20 estudantes participando do projeto, mas a intenção é ampliar o número em 2019. “Em pouco tempo, a robótica já trouxe mudanças bruscas para dentro da escola. Alunos que quase não falavam passaram a defender ideias próprias, muitos que não queriam mais vir na aula começaram a ficar na escola o dia todo. Eles aprenderam a trabalhar em equipe e se preocupar com os outros. Não se trata de técnica, mas sim de valores”, explicou. A informação é da assessoria.

 

Só Notícias