Educação

Nomeada comissão que vai analisar ampliação de jornada dos professores em Sorriso

O prefeito Ari Lafin e o secretário de Administração, Estevam Hungaro, nomearam a comissão que ficará responsável por analisar a ampliação da jornada de trabalho dos professores. Na semana passada, a prefeitura publicou um decreto que permitia aos profissionais efetivos da rede municipal, que trabalham 20 horas por semana, aumentar a carga horária para 30 horas semanais.

A comissão é composta por três servidores da Secretaria Municipal de Educação e mais três do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais (Sinsems). Eles serão responsáveis por “divulgar, acompanhar, analisar e sugerir questões relativas ao que estabelece a ampliação de carga horária, bem como a escolha de vaga em unidade escolar”. O prazo para conclusão dos trabalhos não foi divulgado.

Conforme Só Notícias já informou, a implantação da nova carga horária será gradativa e irreversível.No total, são 28 vagas, nos turnos matutino e vespertino, para professores com habilitação em Pedagogia, Educação Física ou Língua Portuguesa.

A lista de vagas contempla os Centros Municipais de Educação Infantil (Cemeis) Espaço da Criança, Flor do Amanhã, Jardim Amazônia e São Domingos. Também há vagas nas escolas municipais Aureliana Pereira, Boa Esperança, Flor do Amanhã, Francisco Donizete, Leôncio Pinheiro, Maria Tereza, Valter Leite, Vila Bela e São Domingos.

Os interessados deverão protocolar requerimento na Secretaria Municipal de Educação. O documento está disponível no decreto publicado no Diário Oficial do Tribunal de Contas do Estado. Será critério para escolha dos inscritos: formação (títulos), cursos de formação, tempo de serviço na área em que estiver concorrendo, nota de avaliação de desempenho em 2016, e tempo de serviço na rede municipal.

Os convocados terão três dias úteis para se manifestarem sobre a aceitação do cargo e assinarem o termo de nomeação.