Educação

Escolas Estaduais de Sinop devem receber cerca de R$ 25 mil mês para merenda

No início da semana a Secretaria Estadual de Educação (Seduc) anunciou um aumento de 20% no valor do repasse da merenda escolar. Com isso, a merenda passou de R$ 0,15 para R$ 0,18, por aluno/dia. O repasse passará a ser feito no final de maio, para os alunos do Ensino Fundamental.

As 11 escolas Estaduais de Sinop, com quase 11 mil alunos do Ensino Fundamental, receberão, em média, R$ 2,5 mil cada uma. No final de cada mês esse valor somará uma quantia de cerca de R$ 25 mil, segundo a assessora Pedagógica, Silvia Inês Kuhn. “Algumas escolas recebem bem menos, por são menores. Agora o conselho diretor de cada uma tem que elaborar o cardápio e encaminhar para a Seduc. O repasse vai direto para cada instituição e se o cardápio não for bem programado as escolas correm o risco de ficar sem merenda”, disse ao Só Notícias.

Esse segundo aumento da merenda representa um gasto adicional de R$ 148,7 milhões para o Governo Federal, que pretende reduzir a defasagem do valor da merenda que, durante dez anos, não teve qualquer reajuste, permanecendo em R$ 0,13 para o Ensino Fundamental e em R$ 0,06 para as creches públicas e filantrópicas. O Programa Nacional de Alimentação Escolar (Pnae) beneficia 22% da população brasileira, em torno de 36,4 milhões de alunos, em 170 mil unidades escolares de 5.558 municípios. Em Mato Grosso, 572 escolas da rede estadual de ensino recebem a merenda escolar.

Segundo informações da Seduc, em 2005 os investimentos para a merenda devem chegar a R$ 10,2 milhões, R$ 2 milhões a mais que em 2004, quando as escolas receberam um total de R$ 8,5 milhões, beneficiando mais de 306 mil alunos da rede estadual de ensino. Sendo, 303 mil do Ensino Fundamental, 3,2 mil indígenas e 320 da pré-escola. Serão 10 parcelas.