Educação

Encontro em Mato Grosso apresentará ações de inovação e tecnologia chinesas

A secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Inovação (Seciteci) realizará hoje, às 20h, mais um encontro virtual sobre ambientes internacionais de tecnologia e inovação com o tema “Ambientes Internacionais de Inovação” com foco nas ações e processos da China. O encontro virtual será no canal do Youtube da Seciteci e contará com a participação de Tian Bin, fundador da IEST, consultoria que atende mais de 80 empresas chinesas no Brasil, entre elas a Huawei e a Bytedance (empresa proprietária da Tik Tok), entre outras empresas.

Tian Bin nasceu em Xangai, mudou-se para o Brasil há 20 anos, onde cursou Ciências Contábeis na Universidade de São Paulo (USP) e pós-graduação em Gestão Empresarial pela Fundação Getúlio Vargas (FGV). Atuou na KPMG por quatro anos como consultor e foi o fundador da plataforma China2Brazil, empresa que traz informações sobre tecnologia, empreendedorismo e economia da China.

Também participará do meetup a servidora da Secretaria de Desenvolvimento Econômico do Estado (Sedec), Ariana Guedes, que atua como interlocutora entre Mato Grosso e a China, prestando assessoria internacional. “Atuo diretamente na conexão entre Mato Grosso e a Ásia, com o intuito de identificar possíveis investidores e trazer oportunidades para empresas se estabelecerem no nosso Estado, ampliando nosso leque de negócios”, explica Ariana.

Segundo a superintendente de Desenvolvimento Científico, Tecnológico e de Inovação da Seciteci, Lectícia Figueiredo, este encontro vai abordar os principais projetos e ações de inovação que estão sendo realizados em países desenvolvidos tecnologicamente, a exemplo da China. “O foco dos meetups da Seciteci tem sido nos ambientes internacionais de inovação. Primeiramente, foi Luxemburgo, depois Dubai e agora a China. Desta vez, teremos uma servidora do Estado que vai nos trazer o panorama deste ambiente internacional e as ações de Mato Grosso no mercado asiático”, disse ela.

De acordo com Rogério Nunes, coordenador do Parque Tecnológico de Mato Grosso, desde 2018 a gestão tem se aproximado do ecossistema chinês de inovação, inclusive, firmando parcerias nas cidades de Guangzou e Shenzeng. “Neste ano o Parque Tecnológico realizará, por meio de plataforma on-line, um encontro entre empresas de tecnologia mato-grossenses. Antes era realizado presencialmente em uma das maiores feiras de tecnologia, a High-tech Fair, que acontece dentro de um dos ecossistemas mais desenvolvidos do mundo, localizado na cidade de Shenzeng. A nossa ação principal será promover esta conexão, entre empreendedores brasileiros com os chineses”, diz Rogério.

Redação Só Notícias