Educação

Duzentas escolas serão reformadas em Mato Grosso

Duzentas escolas da rede estadual de ensino passarão por reformas preventivas. A manutenção será feita nas 100 escolas com melhores notas do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) e nas 100 que estão com piores condições físicas, de acordo com o critério estabelecido pelo Estado.

O anúncio foi feito pelo governador Mauro Mendes durante a assinatura da ordem de serviço para a retomada das obras de construção de uma escola no bairro Jardim Maria Tereza, no município de Rondonópolis, na última sexta-feira. “Serão reparos básicos como pintura, conserto da parte hidráulica, como troca de torneira, vaso sanitário, parte elétrica e também conserto nos telhados”, adiantou.

Em seu discurso, Mendes lembrou que, através de fotos, viu muitas unidades em situações precárias. “Dá vergonha de ver as condições que estão essas unidades escolares e nada foi feito”, assinalou.

Para definir as escolas em piores condições, será feita uma avaliação da infraestrutura. O secretário adjunto Executivo da Seduc, Alan Porto, informou que já existe um diagnóstico realizado pela Secretaria de Educação. A lista ainda não foi apresentada à titular da pasta e nem ao governador. “Assim que a lista for validada, será de conhecimento público”, assegura.

Em relação ao Ideb, a rede estadual de ensino possui três etapas do índice – anos iniciais e anos finais do ensino fundamental e ensino médio. A secretária Marioneide Kliemaschewsk vai definir com o governador quais os critérios a serem adotados para a escolha das 100 melhores escolas.

Redação Só Notícias (foto: assessoria)