Educação

Aulas 100% presenciais em Colíder só retornarão com avanço da vacina anti-covid, diz secretária

As aulas para os 3.397 alunos divididos entre as 15 unidades de ensino da zona rural e do perímetro urbano de Colíder (157 quilômetros de Sinop) só retornarão de forma 100% presencial quando a vacinação contra a Covid estiver avançada e os índices do boletim epidemiológico referente a pandemia no município caírem. A afirmação é da secretária de Educação Léia da Silva Gomes Torres. Em Colíder foram aplicadas 21.295 doses da vacina.

“No dia 16 iniciamos as aulas no sistema híbrido e assim que avançar a vacinação contra a Covid-19 e tivermos cada vez mais os índices diminuídos na questão da pandemia, retornamos. Os educadores tiveram período de formação com profissionais do Ceará buscando o projeto alfabetização na idade certa e retomamos com os professores na escola para o preparo das aulas. Os pais que optaram em não mandarem o filho, serão atendidos de forma remota e sistema de apostilamento, conforme a necessidade do aluno”, disse a secretária, em entrevista, ao Só Notícias. 

No ensino superior no Estado, o reitor da Universidade Federal de Mato Grosso, Evandro Aparecido Soares da Silva, também afirmou que as aulas 100% presenciais nas unidades de ensino só serão retomadas quando 70% dos acadêmicos acima de 18 anos forem imunizados com a vacina anti-covid. As aulas seguem sendo ministradas de forma remota. 

Nos câmpus de Sinop, Araguaia, Cuiabá e Várzea Grande o semestre acadêmico 2020/1 foi iniciado de modo virtual em fevereiro, já o semestre 2021/1 está previsto para ser iniciado em 25 de outubro. 

Só Notícias/David Murba (foto: assessoria)