Educação

UFMT deve retomar aulas presenciais com vacinação de acadêmicos acima de 18 anos

O reitor da Universidade Federal de Mato Grosso, Evandro Aparecido Soares da Silva, disse, em entrevista, ao Só Notícias, que as aulas 100% presenciais nas unidades de ensino só serão retomadas quando 70% dos acadêmicos acima de 18 anos forem imunizados com a vacina anti-covid. O Comitê de Enfrentamento a Pandemia da universidade faz avaliação das microrregiões com base nos boletins epidemiológicos. Até a liberação as aulas seguem sendo ministradas de forma remota. 

“A expectativa aumenta cada vez que temos mais pessoas vacinadas. Temos a expectativa de ter toda a comunidade acima dos 18 anos vacinada e assim que for realizado, quando estiver acima de 70% desse grupo com imunização é possível voltar com todas as atividades presenciais, mas até lá, temos que ter paciência”, disse. “Estamos desenvolvendo atividades de extensão, de pesquisas e algumas híbridas onde os estudantes fazem aulas teóricas remotamente e, em algumas unidades presencialmente, onde seguimos os protocolos com base no nosso comitê de enfrentamento”. 

Nos câmpus de Sinop, Araguaia, Cuiabá e Várzea Grande o semestre acadêmico 2020/1 foi iniciado de modo virtual em fevereiro, já o semestre 2021/1 está previsto para ser iniciado em 25 de outubro. 

Até dezembro, a UFMT oferta flexibilização de alguns componentes curriculares dos cursos de graduação com o uso de tecnologias da informação e comunicação, no ambiente virtual de aprendizagem. Além de atuar na capacitação dos docentes para produzirem conteúdos de forma remota, a UFMT também investiu recursos, em parceria com o Ministério da Educação, na aquisição de chips para que os alunos possam acessar os conteúdos digitais e para a aquisição de equipamentos.

Só Notícias/David Murba (foto: assessoria/arquivo)