terça-feira, 21/maio/2024
PUBLICIDADE

Acadêmicos permanecem protestando na reitoria da UFMT

PUBLICIDADE

Uma comissão composta por 5 representantes da Administração Superior da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT) rejeitou, em Cuiabá, qualquer negociação com os estudantes que protestam contra o fechamento de Casas de Estudantes Universitários (CEUs) enquanto estes permanecerem acampados no prédio da reitoria.

Em reunião, esta manhã, a comissão e os universitários tiveram novo embate. Segundo a pró-reitora da instituição Myrian Serra, eles precisam deixar o prédio e ainda permanecem no local.

Na última quarta-feira (6), cerca de 10 universitários ficaram feridos após confronto com policiais da Rotam. Eles protestavam na avenida Fernando Corrêa da Costa. Seis foram encaminhados para a delegacia.

Após o episódio, o comandante da base comunitária da PM do bairro Boa Esperança foi exonerado e 2 policiais afastados.

COMPARTILHE:

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Mais notícias
Relacionadas

Mato Grosso tem mais de 36 mil estudantes que podem participar do Enem

Mais de 36,8 mil estudantes da Rede Estadual de...

Prorrogado prazo de inscrições para o SuperChef da Educação em Mato Grosso

As inscrições do ‘SuperChef da Educação – Melhores receitas...

Secretaria de MT prepara Jovens Embaixadores para atuação internacional

A secretaria estadual de Educação fará preparação, do próximo...
PUBLICIDADE