Economia

Vendas no dia dos pais devem aumentar 40% em Sinop mesmo com pandemia, aponta CDL

A pandemia do novo coronavírus não deve afetar às vendas do comércio local para o dia dos pais, que será no próximo domingo. A Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) apontou que deve haver aumento de 40% em relação ao ano passado. Segundo o presidente da entidade, Marcos Antônio Alves o fato predominante é que devido ao cenário atual, as pessoas não viajaram e, consequentemente, as compras serão feitas em Sinop.

“As expectativas são as melhores, fizemos uma campanha que nos surpreendeu. Vendemos todos os cupons. O comércio investiu nas compras e já há boa venda desde a semana passada. Não há dúvidas que haverá aumento considerável, mesmo com a pandemia”, disse o presidente. A maioria do comércio apostou em uma boa decoração de vitrine, oferecendo os mais variados produtos com descontos de mais de 30%.

De acordo com pesquisa da CDL, 38% dos consumidores sinopenses pretendem presentear seus pais. Foram 198 entrevistados e 61% ainda não definiram quanto pretendem gastar. 21% pretendem gastar o mesmo que no ano passado. 35% apontaram que comprarão presentes com valores variando de R$ 50 a R$ 100. A maioria, 32%, manifestou que comprará roupas, 21% com almoço, 20% calçados e 15% eletrônicos.

Para fomentar as vendas até dia 20 deste mês, a CDL realiza a promoção “Sonho de Pai” e as lojas participantes estão distribuindo para os clientes cupons, a cada R$ 30 em compras, para concorrem a uma moto, um televisor e três vale-compras no valor de R$ 1 mil. O sorteio será dia 21 e cada um dos cupons premiados ainda concorre a prêmios extras para os vendedores que atenderam os clientes e para entidades beneficentes indicadas por eles.

Só Notícias/David Murba (foto: Só Notícias/Guilherme Araújo)