Economia

Sorriso volta a ter saldo positivo na geração de empregos; construção civil lidera

O municiou de Sorriso voltou a ter saldo positivo na geração de empregos, no mês de abril, ao criar 40 postos de trabalho, segundo dados divulgados pelo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados, do Ministério da Economia. Foram 1.498 admissões e 1.458 desligamentos. No mês de março, o saldo foi negativo com 116 pessoas demitidas a mais.

Só Notícias constatou ainda no painel do Caged que a construção civil foi um dos setores responsável pela retomada na geração de empregos, ao criar 81 vagas a mais, diferença de 190 contratados e 100 mandados embora.

Outro setor que teve bom desempenho foi a indústria com 58 novas vagas, saldo de 292 admissões e 234 desligamentos. Os serviços criaram 18 postos de trabalhos a mais.

Por outro lado, o comércio sentiu os impactos das restrições determinadas através de decretos para redução de horário de atendimento devido à pandemia da Covid. Com isso, dispensou 29 funcionários a mais, resultado de 539 trabalhadores mandados embora e 510 admitidos.

Outro que teve resultado negativo foi a agropecuária, que é um dos principais setores da economia de Sorriso. Foram fechadas 88 vagas a mais, diferença de 141 mandados embora e 53 contratados.

Conforme Só Notícias já informou, Sinop criou 341 vagas a mais. Dessas, a construção civil criou 95 e também se destacou.

 

Só Notícias/Cleber Romero (foto: Só Notícias/Lucas Torres/arquivo)