Economia

Sorriso ganha 1,5 mil empresas e secretário diz que ritmo de crescimento deve ser mantido

Mais de 1,5 mil empresas iniciaram suas atividades de janeiro à maio. Foram 322 micro e de pequeno portes a mais que no ano anterior, no mesmo período. Ao todo são 1.444 dentro da categoria de matriz e 61 na categoria filial.

Lojas nos segmentos de vestuários e acessórios lideram os novos negócios, com 689. Só Notícias apurou no levantamento do ministério da Economia que são 453 empresas de transporte rodoviário de cargas, 455 de promoção de vendas, 435 salões de beleza, dentre outras.

O secretário de Desenvolvimento Econômico de Sorriso, Claudio Oliveira, avaliou que é um grande crescimento aliado a geração de empregos que ocorreu no período. Ele acredita que a tendência é do crescimento se manter no mesmo ritmo no 2º semestre pela “quantidade de investidores que vem até a nossa região na procura de novas áreas e intenção de trazer suas empresas para nossa região, que é muito grande”.

O secretário afirmou que, após dois anos de pandemia, os empresários se sentem mais motivados a ampliarem seus negócios e mais pessoas estão empreendendo a montando suas empresas. “Vejo que isso deu um ânimo a mais, depois de dois anos em que estivemos retraídos, principalmente investidores. Nossa região não parou, mas a intenção de investimentos em novas empresas foi mais retraída. Com essa retomada, vem aumentando muito mais a procura de investimentos”, explicou Claudio Oliveira.

Atualmente, o município conta com pouco mais de 12,9 mil empresas ativas. Microempresas vem mostrando cada vez mais sua força e importância dentro do desenvolvimento e economia sendo 10.808 mil. Também estão ativas 827 pequenas empresas e 1.293 classificadas de outros portes.

Só Notícias (foto: Só Notícias/arquivo)