Economia

Sorriso: ainda faltam ferragens para construção civil devido à paralisação dos caminhoneiros

Um levantamento feito por Só Notícias, em pelo menos 10 empresas, apontou que ainda está faltando ferro para construção civil. Além disso, quase todas as lojas do setor também estão sem estoque do produto, mesmo com o fim da greve dos caminhoneiros, que durou 10 dias com interdições das rodovias federais e estaduais em Mato Grosso e outros Estados, que terminou em 31 do mês passado. A previsão é que a situação seja normalizada na próxima semana.  

Conforme Só Notícias já informou, em Sinop, também está faltando cimento, por exemplo. O levantamento feito em sete empresas, apontou que em apenas uma o produto está sendo encontrado. Em outra é feita venda por cotas, de 40 sacas por clientes. Diversas estão sem produto. A previsão é que o estoque comece a ser normalizado a partir da semana que vem. A saca varia entre R$ 24,40 a R$ 28,99 dependendo da marca.