Economia

Sicredi e Sebrae lançam programa para acelerar o crescimento dos pequenos negócios

Abrir, sustentar e fazer prosperar um negócio é o sonho de todo empreendedor. Para apoiar nas fases de sustentação e prosperidade, o Sicredi e o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) em Mato Grosso desenvolvem o Programa de Aceleração do Microempreendedor Individual – Prospera MEI. O Programa foi lançado em Sinop nesta segunda-feira (20), no auditório de um hotel do município e reuniu cerca de 100 associados convidados para conhecer o programa que será executado em três fases: mobilização, sensibilização e adesão; relacionamento com o MEI; e mensurações e avaliações.

Um grupo de 1.600 microempresários individuais associados às cooperativas do Sicredi em Mato Grosso será acompanhado pelo período de 12 meses, com acesso a uma programação focada no desenvolvimento da empresa. Terão apoio nas áreas de finanças, marketing, vendas, planejamento estratégico e pessoas, incluindo atividades burocráticas.

Na primeira etapa do programa, a empresa será avaliada por um diagnóstico, que vai mapear os pontos fortes e fracos e o grau de maturidade de gestão. Na segunda etapa, um plano de ação será proposto contemplando a estratégia para o crescimento, com acompanhamento do Sebrae, visando a perenidade do negócio. Paralelo a isso, o microempresário receberá conteúdos programáticos para capacitação online, além de encontros presenciais. Também terá à disposição consultorias, mentorias e outras soluções operacionais, administrativas e financeiras definidas de acordo com as demandas identificadas. Na terceira etapa, que na realidade será feita ao longo de todo o período, estão previstas avaliações no 4º, 8º e 13º meses para mensurar a evolução do negócio.

Para o Diretor de Negócios da cooperativa Sicredi Celeiro do MT, Lucimar de Luca, a parceria firmada com o Sebrae vai contribuir com o desenvolvimento dos negócios desse grupo de microempreendedores individuais associados, mostrando que o caminho para a prosperidade passa pela boa gestão do negócio e constante capacitação. “O convite do Sicredi e do Sebrae foi muito bem aceito pelos microempreendedores individuais de Sinop, tanto que o auditório ficou lotado. Na apresentação do programa foi possível mostrar um novo caminho para os microempreendedores, com novas perspectivas. Atualmente no Brasil, devido ao crescimento expressivo de MEIs, o setor busca cada vez mais por orientações. Por isso, a consultoria vem em boa hora, pois auxilia, orienta, dá apoio e um direcionamento correto ao microempreendedor individual para que ele consiga desenvolver ainda mais o seu negócio”. O Prospera MEI é um programa piloto em Mato Grosso e após 12 meses vislumbra ser lançado em nível nacional tanto pelo Sicredi quanto pelo Sebrae.

Os resultados do Prospera MEI serão mensurados por meio de quatro indicadores: saúde financeira, maturidade de gestão, evolução da faixa de faturamento, e desenquadramento do MEI para ME (microempresa), já que a intenção é que, após o diagnóstico dos pontos fracos e fortes e execução do plano de ação, em poucos meses a empresa colha os resultados e possa ver o negócio crescer com sustentabilidade, subindo um degrau na classificação empresarial.

O gerente da Agência do Sebrae de Sinop, Volmir Contreira, destaca que o programa tem tudo para se tornar uma referência nacional no setor. “O microempreendedor individual carece desse tipo de acompanhamento, em especial na área de gestão. Com essa consultoria firmada por meio da parceria com o Sicredi, vamos fazer com que o MEI atinja um crescimento sustentável, podendo se tornar uma microempresa. Todo atendimento vai ser feito de forma personalizada, de maneira presencial e a distância”.

O microempresário Webb Sobral Tomas, de Sinop, criou um empreendimento na área de auto mecânica há quatro meses. Ele participou do lançamento do Prospera MEI em Sinop e acredita que o programa deve auxiliar no trabalho do dia a dia. “Tenho vontade de expandir, de melhorar os rendimentos. Ter esse tipo de parceria vai ser muito bom para o meu negócio”.

Outra microempresária que participou do lançamento do Prospera MEI em Sinop foi Jacinta Groth Strack. Há 12 anos ela trabalha com a venda de perfumaria e vestuário. Com a consultoria, ela acredita ser possível atrair mais clientes. “Gostei da apresentação do programa, em especial, porque mostrou novos meios de vender, como por exemplo, pela internet e redes sociais por meio do marketing digital”.

Estatísticas do Portal do Empreendedor mostram que Mato Grosso encerrou 2019 com 163.939 mil microempreendedores individuais formalizados. O potencial de crédito desse público chega a R$ 1,63 bilhão, considerando um tíquete médio de R$ 10 mil multiplicado pelo total de MEIs em atuação no mercado local. No território estadual, o número de associados MEIs do Sicredi é cerca de 11,5 mil.

O MEI é pessoa que trabalha por conta própria e que se legaliza como pequeno empresário, com faturamento bruto anual até R$ 81 mil. Num único CNPJ ele pode se enquadrar em uma ou mais atividades e ter um empregado. Tem direitos e benefícios previdenciários como aposentadoria por idade, aposentadoria por invalidez, auxílio-doença, salário maternidade e pensão por morte (para a família). Para isso paga uma taxa mensal, cujo valor corresponde a 5% do salário mínimo, com acréscimo de R$ 1 de ICMS para comércio e indústria ou de R$ 5 de ISS para prestadores de serviços.

 

Assessoria